sicnot

Perfil

Mundo

Imperador japonês Akihito vai abdicar "nos próximos anos"

O imperador do Japão, Akihito, 82 anos, tem previsto abdicar do Trono de Crisântemo "nos próximos anos", disseram hoje fontes da Agência da Casa Imperial nipónica, citadas pela cadeia de televisão estatal NHK.

© Thomas Peter / Reuters

Segundo as fontes, Akihito terá já comunicado a intenção à mulher, a imperatriz Michiko, e ao filho e príncipe herdeiro do Japão, Naruhito, 56 anos, que acataram a decisão, tomada na sequência do frágil estado de saúde, que o impede de desempenhar plenamente as suas funções.

As fontes adiantaram que o imperador japonês já começou os preparativos para garantir uma sucessão estável.

A Agência da Casa Imperial nipónica está, por outro lado, a planear uma entrevista para que Akihito explique a decisão ao povo japonês.

O estado de saúde do imperador agravou-se nos últimos anos, depois de uma operação ao coração - foi-lhe colocado um "bypass" em 2012 -, padecendo igualmente de um cancro na próstata desde 2003.

Face à idade avançada e aos problemas de saúde, a opinião pública nipónica tem debatido nos últimos anos a possibilidade de reduzir o horário de trabalho de Akihito, que já delegou no príncipe herdeiro Naruhito algumas das suas obrigações de agenda.

O reinado de Akihito tem-se prolongado ao longo de quase três décadas.

Akihito chegou ao trono aos 55 anos, a 07 de janeiro de 1989, após a morte do pai, o imperador Hirohito.

O atual imperador japonês foi o primeiro a chegar ao trono desde a entrada em vigor da nova Constituição nipónica, aprovada em 1947, após o fim da ocupação norte-americana na sequência do final da Segunda Guerra Mundial.

Se Akihito abdicar, será a primeira vez que ocorre tal situação na linha de sucessão imperial nipónica desde a do imperador Kokaku, em 1817.

Fontes governamentais indicaram à NHK que a Lei da Sucessão em vigor no Japão não contempla o ato de abdicação, pelo que seria necessário proceder a uma revisão para especificar que o cargo deve recair em Naruhito após a renúncia do pai.

Os cinco anteriores imperadores do Trono do Crisântemo morrerem em funções: Hirohito (1926/1989), Taisho (1912/1926), Meiji (1867/1912), Komei (1846/1867) e Ninko (1817-1846).

Lusa

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.