sicnot

Perfil

Mundo

Portugal continua na segunda metade da tabela dos inovadores da UE

Portugal caiu uma posição, para o 1.º lugar, no painel europeu de inovação, elaborado anualmente pela Comissão Europeia, permanecendo no grupo de Estados-membros classificados como "inovadores moderados".

© Rafael Marchante / Reuters

De acordo com os dados do "Painel Europeu de Inovação 2016", referente a 2015, o nível de inovação da União Europeia (UE) "aproxima-se cada vez mais dos níveis de inovação do Japão e dos Estados Unidos", continuando a Suécia a liderar a tabela europeia, seguida de Dinamarca, Finlândia, Alemanha e Holanda, países que formam o grupo dos chamados "líderes da inovação".

Depois de um segundo grupo de "fortes inovadores", formado por oito Estados-membros, surge um terceiro grupo, de "inovadores moderados", já abaixo da média da UE, e no qual se inclui Portugal, que recuou de 17.º para 18.º entre 2014 e 2014.

O documento hoje divulgado pelo executivo comunitário sublinha que Portugal tem um desempenho abaixo da média comunitária na maioria dos indicadores analisados, com exceção dos "recursos humanos", tendo-se registado quedas particularmente vincadas sobretudo nas áreas das despesas com inovação que não a favor da investigação e desenvolvimento, e da inovação nas Pequenas e Médias Empresas (PME).

O comissário europeu responsável pela Investigação, Ciência e Inovação, Carlos Moedas, observou, por ocasião da divulgação deste painel de avaliação, que a Comissão está "a melhorar o acesso ao financiamento privado através do Plano de Investimento para a Europa, no valor de 315 mil milhões de euros, e da União dos Mercados de Capitais, e a criar um novo Conselho Europeu para a Inovação", para colocar a UE ainda mais na linha da frente.

Lusa

  • País "é bom a produzir ciência, não é tão bom a transformá-la em inovação"
    1:04

    Economia

    Cavaco Silva diz que Portugal está a avançar a um ritmo superior ao da média europeia no que diz respeito à inovação, mas que ainda há um longo caminho a percorrer. O Presidente da República diz esperar que a nomeação de Carlos Moedas para comissário da pasta da Ciência e Inovação dê o seu contributo para o país. Declarações feitas durante o discurso numa conferência da Comissão Europeia sobre Ciência na Europa.

  • Lisboa recebe Festival Internacional de Inovação e Criatividade
    4:40

    Edição da Manhã

    A FIL recebe a partir de amanhã o Festival Internacional de Inovação e Criatividade, o maior certame ligado às atividades culturais e criativas em Portugal e que se espera atraia cerca de 60 mil visitantes. Para nos falar deste evento, esteve hoje na Edição da Manhã Maria João Rocha de Matos, diretora geral da Associação Industrial Portuguesa.

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.