sicnot

Perfil

Mundo

Portugueses na Turquia surpreendidos com a revolta militar

Portugueses na Turquia surpreendidos com a revolta militar

Os portugueses que trabalham ou que estavam de passagem pela Turquia foram apanhados de surpresa com a tentativa de golpe da última noite. À SIC, contaram que o país procura agora regressar à normalidade.

  • Quem é o Presidente da Turquia
    2:13

    Mundo

    Apoiado pelos conservadores e pelos meios religiosos, o Presidente turco tem visto a popularidade cair nos últimos anos e já há quem lhe chame ditador e o acuse de tentar impor o islamismo no país. Recep Tayyip Erdogan tem 62 anos e ocupa o cargo desde 2014. Licenciou-se em Gestão e esteve preso quatro meses, depois de ter lido um poema num protesto. Estreou-se na política como presidente da Câmara de Istambul e foi primeiro-ministro do país entre 2002 e 2013.

  • Civis resistiram ao avanço dos militares na Turquia
    1:15

    Mundo

    Durante a tentativa de golpe de Estado na Turquia, os militares procuraram controlar locais estratégicos do país como estações de televisão e vias de comunicação. Contudo, a população respondeu ao apelo do presidente e resistiu ao avanço dos militares. A cadeira de televisão "CNN Turquia" foi um dos meios de comunicação tomados pelos militares. A ação militar destruiu vários edifícios do Governo e provocou quase 200 mortos e mais de mil feridos.

  • Imagens mostram militares a invadir sede da CNN turca
    1:20

    Mundo

    Durante a tentativa de golpe de Estado na Turquia, vários militares entraram na sede da CNN, em Istambul. Os militares ocuparam os estúdios e a redação. Os vídeos amadores mostram o momento em que os soldados começam a subir as escadas, perante a tentativa de resistência de alguns funcionários. Dentro da sala, são vários os civis, jornalistas e membros da equipa da CNN turca, que tentam controlar os militares. Veja aqui o vídeo de enorme tensão, com armas e ameaças, e soldados que acabam por ser agredidos.

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.