sicnot

Perfil

Mundo

UE apela a "rápido regresso à ordem constitucional"

A União Europeia (UE) apelou hoje a um "rápido regresso à ordem constitucional na Turquia", num comunicado do presidente do Conselho, Donald Tusk, do da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, e da chefe da diplomacia, Federica Mogherini.

CEM TURKEL

"Continuamos a acompanhar de perto os desenvolvimentos em coordenação com os 28 estados-membros da UE" face à tentativa de golpe de Estado na Turquia, escreveram os dirigentes europeus, a partir da Mongólia, onde participam numa cimeira entre a UE e os países asiáticos.

"A Turquia é um parceiro-chave da União Europeia. A UE apoia completamente o Governo eleito democraticamente, as instituições do país e o Estado de Direito", diz a declaração conjunta.

Na sua conta na rede social Twitter, Federica Mogherini já tinha apelado à contenção e ao respeito para com as instituições democráticas.

Uma tentativa de golpe de Estado militar começou na sexta-feira na Turquia, havendo informações pouco precisas ainda, com muitas pessoas nas ruas, com bandeiras turcas, na sequência de um apelo nesse sentido feito pelo Presidente do país.

Dezassete polícias morreram numa explosão na sede das forças especiais em Ancara e várias pessoas foram feridas a tiro por soldados quando se manifestavam contra a tentativa de golpe.

Cerca de quatro horas depois das primeiras informações, os Serviço de Inteligência Turca (MIT) anunciaram que fracassou a tentativa de golpe de Estado, mas admitiu que ainda persistem algumas bolsas de resistência por parte dos militares.

primeiro-ministro turco, Binali Yildirim, disse que alguns dos líderes do golpe de Estado já foram presos.

Lusa

  • "Este golpe militar pode acentuar tendências autocráticas do regime político turco"
    5:52

    Mundo

    A Eurodeputada Maria João Rodrigues esteve na Edição da Noite da SIC Notícias para falar da tentativa de golpe militar na Turquia. A socialista fala na existência de um acumular de tensões na Turquia de ordem religiosa e de ordem regional, como é o caso da relação difícil dos turcos com os curdos. Apesar de considerar que ainda é muito cedo para classificar estes acontecimentos, Maria João Rodrigues diz que "este golpe militar pode acentuar tendências autocráticas do regime politico turco", e assim dificultar o relacionamento do país com a União Europeia.

  • "Erdogan é um ditador e não tem as forças armadas do seu lado"
    7:01

    Mundo

    Depois da tentativa de golpe de estado na Turquia levada a cabo pelas forças armadas, os caos instalou-se no país. José Goulão esteve em direto na SIC Notícias e diz que "Erdogan é um ditador e não tem as forças armadas do seu lado", nmo entanto confessa que ainda é cedo para se saber o desfecho desta rebelião.

  • O golpe e o contra golpe na Turquia
    5:28

    Mundo

    Neste momento assiste-se a um golpe e um contra golpe na Turquia e o grande número de pessoas na rua não vai facilitar a vida aos revoltosos "sem que haja uma carnificina", considera Ricardo Costa, da SIC.

  • Português ficou retido no aeroporto
    2:29

    Mundo

    Ricardo é piloto da Turkish Airlines e está retido no aeroporto a acompanhar os últimos acontecimentos pela televisão. O português diz que alguns civis que estavam no aeroporto se revoltaram contra os militares e entoaram cânticos de apoio a Erdogan. Ricardo conta também que os militares dispararam alguns tiros.

  • O filme da noite
    1:41

    Mundo

    Na Turquia os militares tomaram de assalto o poder e declararam a lei marcial. Explosões e tiros foram ouvidos em Ancara e em Istambul. Uma situação que começou aos poucos a desenrolam-se e se precipitou para momentos de tensão.

  • Marcelo e Costa unidos contra contagem do tempo integral de serviço
    2:45

    País

    Em menos de 24 horas, o Presidente da República e o primeiro-ministro deram publicamente sinais de que estão unidos contra a contagem de todo o tempo de serviço de professores e outros agentes do Estado para efeitos salariais. Marcelo Rebelo de Sousa e António Costa disseram que essa possibilidade é uma ilusão e que o país não tem condições para voltar aos níveis anteriores à crise.

  • Estudante português desaparecido no mar Báltico

    País

    Um jovem português de 21 anos desapareceu na segunda-feira, dia 13 de novembro, enquanto fazia uma viagem de cruzeiro entre a cidade finlandesa de Helsínquia e a capital da Suécia, Estocolmo. As autoridades locais fizeram buscas na madrugada em que Diogo Penalva caiu ao mar Báltico, por volta das duas da manhã.

  • Paris inaugura primeiro restaurante naturista

    Mundo

    Para entrar, é preciso retirar a roupa e apenas as mulheres podem permanecer calçadas. O primeiro restaurante naturista de Paris abriu em novembro para responder a uma necessidade em França, principal destino do mundo para os praticantes de nudismo.

  • Político indiano oferece 1,3 milhões por decapitação de atriz

    Mundo

    Deepika Padukone é uma das personagens principais do filme que retrata a relação entre uma rainha hindu e um governante muçulmano. O filme enfureceu um político do Governo indiano, que ofereceu 1,3 milhões de euros como recompensa a quem decapitasse a atriz. A polícia já destacou agentes para proteger a atriz, bem como a sua família.