sicnot

Perfil

Mundo

Decobertas centenas de galáxias em "recanto" do Universo

O radiotelescópio MeerKAT, em construção na África do Sul, revelou centenas de galáxias num recanto minúsculo do Universo, onde apenas 70 eram conhecidas.

reuters

A imagem, divulgada sábado, foi a primeira produzida pelo MeerKAT, onde 16 antenas começaram a funcionar.

O MeeKAT terá 64 antenas e será integrado no próximo ano no projeto multinacional SKA (Square Kilometre Array), com o objetivo de se tornar o mais poderoso radiotelescópio do mundo.

As imagens produzidas pelo MeerKAT "são de longe muito melhores do que poderíamos esperar. Isto significa que este telescópio como está hoje, com apenas um quarto de seu contingente total, já é o melhor radiotelescópio do hemisfério sul", explicou o cientista-chefe do SKA na África do Sul, Fernando Camilo, à AFP.

Quando estiver completamente operacional, em 2020, o SKA contará com três mil antenas, espalhadas por vários países, permtitindo aos astrónomos escrutar o espaço com um nível de detalhe incomparável.

O radiotelescópio terá um potencial de descobertas dez vezes maior que os instrumentos modernos mais avançados e explorará supernovas, buracos negros, energia negra e vai rastrear as origens do universo, cerca de 14 bilhões de anos .

Os cientistas esperam que seja capaz de dar respostas a questões fundamentais sobre o universo, por exemplo como foi criado e porque está em expansão.

"Levando em conta os resultados de hoje (sábado), podemos esperar que uma vez que as 64 antenas estejam montadas, o MeerKAT será o melhor telescópio do mundo, antes mesmo da conclusão do SKA", declarou em um comunicado o professor Justin Jonas, encarregado tecnológico do projeto SKA na África do Sul.

O MeerKAT está em constução numa área remota e árida de Karoo, região do sudoeste da África do Sul, com condições ideais para os astrónomos.

Dez países financiam este projeto: Austrália, Reino Unido, Canadá, China, Alemanha, Itália, Holanda, Nova Zelândia, África do Sul e Suécia.

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.