sicnot

Perfil

Mundo

Decobertas centenas de galáxias em "recanto" do Universo

O radiotelescópio MeerKAT, em construção na África do Sul, revelou centenas de galáxias num recanto minúsculo do Universo, onde apenas 70 eram conhecidas.

reuters

A imagem, divulgada sábado, foi a primeira produzida pelo MeerKAT, onde 16 antenas começaram a funcionar.

O MeeKAT terá 64 antenas e será integrado no próximo ano no projeto multinacional SKA (Square Kilometre Array), com o objetivo de se tornar o mais poderoso radiotelescópio do mundo.

As imagens produzidas pelo MeerKAT "são de longe muito melhores do que poderíamos esperar. Isto significa que este telescópio como está hoje, com apenas um quarto de seu contingente total, já é o melhor radiotelescópio do hemisfério sul", explicou o cientista-chefe do SKA na África do Sul, Fernando Camilo, à AFP.

Quando estiver completamente operacional, em 2020, o SKA contará com três mil antenas, espalhadas por vários países, permtitindo aos astrónomos escrutar o espaço com um nível de detalhe incomparável.

O radiotelescópio terá um potencial de descobertas dez vezes maior que os instrumentos modernos mais avançados e explorará supernovas, buracos negros, energia negra e vai rastrear as origens do universo, cerca de 14 bilhões de anos .

Os cientistas esperam que seja capaz de dar respostas a questões fundamentais sobre o universo, por exemplo como foi criado e porque está em expansão.

"Levando em conta os resultados de hoje (sábado), podemos esperar que uma vez que as 64 antenas estejam montadas, o MeerKAT será o melhor telescópio do mundo, antes mesmo da conclusão do SKA", declarou em um comunicado o professor Justin Jonas, encarregado tecnológico do projeto SKA na África do Sul.

O MeerKAT está em constução numa área remota e árida de Karoo, região do sudoeste da África do Sul, com condições ideais para os astrónomos.

Dez países financiam este projeto: Austrália, Reino Unido, Canadá, China, Alemanha, Itália, Holanda, Nova Zelândia, África do Sul e Suécia.

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.