sicnot

Perfil

Mundo

Erdogan promete respeitar a lei nos julgamentos dos revoltosos

Erdogan promete respeitar a lei nos julgamentos dos revoltosos

A Turquia já respondeu aos avisos europeus e dos Estados Unidos. Comprometeu-se a respeitar a lei no julgamento dos rebeldes que tentaram tomar o poder. No fim de semana, o presidente Erdogan admitiu reintroduzir a pena de morte para os 7 mil e 500 militares e civis revoltosos já detidos.