sicnot

Perfil

Mundo

Diretor do WhatsApp diz que novo bloqueio da aplicação no Brasil é "chocante"

O diretor executivo da aplicação de troca de mensagens instantâneas WhatsApp, Jan Koum, disse hoje que a decisão da justiça brasileira de a bloquear é "chocante" e garantiu estar a trabalhar para restabelecer o serviço.

© Nacho Doce / Reuters

"É chocante que menos de dois meses depois de o povo brasileiro e legisladores terem rejeitado o bloqueio de serviços como o WhatsApp a história se repete", comentou, numa mensagem publicada no seu perfil na rede social Facebook.

Milhões de pessoas estão a ser afetadas, acrescentou, "simplesmente porque estamos a ser questionados por informações que não temos".

O responsável disse ainda que a empresa está a trabalhar para restabelecer o serviço no Brasil.

Em comunicado, o WhatsApp comentou que considera a determinação judicial uma ameaça à capacidade das pessoas de comunicarem entre si e disse que espera ver o bloqueio suspenso logo que seja possível.

O bloqueio foi determinado hoje pela juíza do Rio de Janeiro Daniela Barbosa, depois de o Facebook, empresa que controla o aplicativo WhatsApp, ter sido notificado várias vezes para intercetar mensagens que seriam usadas numa investigação policial.

Esta é a terceira vez que a aplicação é bloqueada no país, depois da determinação de cortes no serviço de mensagens em maio último e em dezembro do ano passado.

Entretanto, a WhatsApp apresentou uma providência cautelar na Justiça do Rio de Janeiro para suspender o bloqueio.

Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.