sicnot

Perfil

Mundo

Autarca turco anuncia "cemitério para traidores" que participaram no golpe de Estado

O presidente da câmara de Istambul, Kadir Topbas, anunciou hoje a criação de um "cemitério para traidores", para os que participaram no golpe de Estado na passada sexta-feira na Turquia.

Kadir Topbas assegurou que existe já um espaço para a criação deste cemitério, argumentando que nenhuma outra cidade vai aceitar os corpos dos golpistas mortos.

Segundo a agência estatal turca, Anadolu, no grupo dos golpistas morreram 24 soldados, 16 em Ancara e 8 em Istambul.

Entre os que se opuseram ao golpe houve 240 mortos e 1.535 feridos.

A Diyanet, que é equivalente ao Ministério de Assuntos Religiosos, anunciou que não serão oferecidos serviços funerários aos soldados que participaram voluntariamente no golpe.

As autoridades turcas já anunciaram que poderão reinstaurar a pena de morte, abolida em 2004 para aplicar aos responsáveis pelo golpe de estado, caso essa medida seja aprovada pelo parlamento.

Lusa

  • Número de mortos nos incêndios sobe para 44

    País

    Os incêndios florestais que deflagraram no domingo em várias zonas do país provocaram 44 mortos, disse esta sexta-feira a adjunta do comando nacional da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), Patrícia Gaspar.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC

  • Aberta nova frente de guerra no Iraque
    1:20

    Mundo

    Uma nova frente de guerra no Iraque está aberta. O exército de Bagdade combate as forças curdas e luta pelo controlo da província petrolífera de Kirkuk. Na origem da ofensiva está o referendo não reconhecido à independência do Curdistão.