sicnot

Perfil

Mundo

Cooperação entre Portugal e França leva à detenção em Paris de suspeito de homicídio

(Arquivo)

© Charles Platiau / Reuters

Um homem de 28 anos, indiciado pela prática de dois crimes de homicídio qualificado na zona de Mira D'Aire, em 2015, foi detido hoje de em Paris, numa ação conjunta das autoridades portuguesas e francesas.

Segundo nota divulgada hoje, a Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, identificou e localizou em França um homem, "sem ocupação laboral definida, fortemente indiciado pela prática de dois crimes de homicídio qualificado, nas formas consumada e tentada, bem como de roubo agravado".

A detenção do suspeito acabou por ocorrer durante a manhã de hoje na capital francesa, no decurso de uma ação "desenvolvida em estreita articulação" com o Office Central de Lutte contre le Crime Organisé/Direction Centrale de la Police Judiciaire de França.

O detido, com 28 anos, vai agora ser presente às autoridades judiciárias competentes em França com vista a subsequente entrega ao Departamento de Investigação e Ação Penal da comarca de Santarém para ser sujeito a um primeiro interrogatório judicial e conhecer as medidas de coação tidas por adequadas.

De acordo com as autoridades policiais, "os factos criminosos ocorreram na noite de 19 de novembro do ano passado, na Serra de Santo António - Mira D'Aire, na sequência de confrontos entre dois grupos que participavam numa transação de produto estupefaciente".

A vítima mortal foi atingida por dois disparos de arma de fogo que lhe provocaram lesões traumáticas em órgãos vitais na região torácico-abdominal.

Lusa

  • CGD terá de reconhecer imparidades e prepara saída de 2 mil funcionários
    2:45

    Caso CGD

    O novo plano estratégico da Caixa está pronto e foi entregue há duas semanas ao Ministério das Finanças. A SIC sabe que está a ser preparada a saída de 2 mil trabalhadores e que o banco terá de reconhecer imparidades. O Expresso diz que a CGD vai fechar o ano com prejuízos que podem chegar aos 3 mil milhões de euros.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.