sicnot

Perfil

Mundo

Atirador de Munique estava a receber tratamento psiquiátrico

Última Hora

© Michael Dalder / Reuters

A polícia alemã avança que o atirador de 18 anos estava a receber tratamento psiquiátrico e não tinha qualquer relação ao Daesh. Dez pessoas morreram e 27 ficaram feridas no tiroteio no centro comercial de Munique.

Em conferência de imprensa esta manhã, as autoridades explicaram que o atirador não tem ligações ao grupo terrorista, depois de terem efetuado buscas na casa e quarto do rapaz de 18 anos, residente em Munique.

Os pais não estão em condições de ajudar a polícia na investigação porque ambos estão em choque, dizem as autoridades.

A polícia frisou que não há qualquer relação entre o atirador e a vaga de refugiados que chegou ao país.

No Estado da Baviera, onde aconteceram as mortes, foi declarado um dia de luto em memória das vítimas.

  • Elemento dos Super Dragões com medida de coação mais gravosa
    1:37

    Desporto

    Os seis arguidos da Operação Jogo Duplo, que investiga crimes de corrupção e viciação de resultados na II Liga de futebol, saíram em liberdade. A medida de coação mais gravosa é para um membro da claque Super Dragões, que terá de pagar uma caução de 5 mil euros.

  • Mais de 120 pessoas com hepatite A
    2:23

    País

    O surto de hepatite A já infetou 128 pessoas, 60 das quais estão internadas em hospitais de Lisboa e Coimbra. A Direção-Geral da saúde recomenda a vacinação apenas aos familiares dos doentes. Apesar de não haver ruptura de stocks, há farmácias que não têm vacinas.

  • Sobreviventes de Mossul relatam mutilações e execuções do Daesh
    1:32