sicnot

Perfil

Mundo

Atirador de Munique estava a receber tratamento psiquiátrico

Última Hora

© Michael Dalder / Reuters

A polícia alemã avança que o atirador de 18 anos estava a receber tratamento psiquiátrico e não tinha qualquer relação ao Daesh. Dez pessoas morreram e 27 ficaram feridas no tiroteio no centro comercial de Munique.

Em conferência de imprensa esta manhã, as autoridades explicaram que o atirador não tem ligações ao grupo terrorista, depois de terem efetuado buscas na casa e quarto do rapaz de 18 anos, residente em Munique.

Os pais não estão em condições de ajudar a polícia na investigação porque ambos estão em choque, dizem as autoridades.

A polícia frisou que não há qualquer relação entre o atirador e a vaga de refugiados que chegou ao país.

No Estado da Baviera, onde aconteceram as mortes, foi declarado um dia de luto em memória das vítimas.

  • "Não podemos fazer de Lisboa uma cidade para turistas"
    2:44

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no Jornal da Noite da SIC, o mandato de Fernando Medina na Câmara de Lisboa. O comentador da SIC defendeu que o autarca tem "muitos problemas por resolver" e que a Câmara tem investido "mais na recuperação de zonas em que os lisboetas praticamente não conseguem ir". Sousa Tavares disse ainda que Lisboa não pode ser uma cidade para turistas.

    Miguel Sousa Tavares

  • "Putin é uma ameaça maior do que o Daesh"
    0:24

    Mundo

    O senador norte-americano John McCain atacou Vladimir Putin dizendo que é uma ameaça maior do que o Daesh. O antigo candidato à Casa Branca acusa a Rússia de querer destruir a democracia ao tentar manipular o resultado das presidenciais dos Estados Unidos.

  • "É muito importante ceder à tentação de se abolir a liberdade"
    1:06