sicnot

Perfil

Mundo

Snowden cria capa de telemóvel à prova de espiões

Andrew Huang / Edward Snowden

Edward Snowden e o hacker Andrew "Bunnie" Huang criaram uma capa de telemóvel que, garantem, é à prova de espiões. O objetivo é proteger as pessoas de serem digitalmente espiadas, alertando-as quando o seu telefone estiver a receber ou a enviar informação sem o seu conhecimento ou permissão.

No Laboratório de Media do MIT, Snowden e o famoso hacker Andrew "Bunnie" Huang apresentaram uma capa de telefone que se liga ao aparelho e monitoriza os sinais elétricos, de modo a perceber se as antenas internas estão ou não a transmitir informação.

"Um bom jornalista no lugar certo à hora certa pode mudar a história. Isto faz deles um alvo e cada vez mais as suas ferramentas estão a ser usadas contra eles", disse Snowden numa ligação vídeo, a partir do Laboratório do MIT.

A "capa" fica colocada por detrás da lente da câmara e fica ligada ao hardware do telefone, via cartão SIM. Desta forma, monitoriza os sinais emitidos por Bluetooth, wi-fi ou outras ligações elétricas.

Inicialmente, foi desenhada tendo em mente o iPhone 6, mas deverá sevrir em qualquer smartphone, garantem Snowden e Huang.

Os dois esperam construir um protótipo no próximo ano e eventualmente fabricar iPhones modificados na China para fornecer aos jornalistas, com o financiamento da Fundação Liberdade de Imprensa.

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.