sicnot

Perfil

Mundo

Um dos atacantes na igreja francesa já tinha sido acusado de terrorismo

​Um dos homens que atacou uma igreja em França já tinha sido anteriormente acusado e detido por ligações terroristas, tendo sido libertado sob fiança, afirmou uma fonte próxima da investigação policial.

O atacante, que era conhecido pela polícia antiterrorismo francesa, tentou por duas vezes viajar para a Síria, em 2015, explicou a mesma fonte.

Depois da sua libertação, teve de usar uma pulseira eletrónica para que a polícia o pudesse localizar em qualquer momento.

Dois homens atacaram hoje, pelas 09h45 (08h45 em Lisboa), a igreja de Saint-Etienne-du-Rouvray, na Normandia.

Um padre, que estava entre os reféns, foi degolado pelos sequestradores, que foram posteriormente abatidos por uma unidade de intervenção policial.

Os autores do ataque reivindicaram a sua ligação ao grupo extremista Estado Islâmico.

Lusa