sicnot

Perfil

Mundo

Air France prevê cancelar 20% dos voos na quinta-feira devido a greve

Reuters

© Christian Hartmann / Reuters

A companhia Air France anunciou hoje que na quinta-feira deverá cancelar cerca de 20% dos voos previstos, no segundo de sete dias de uma greve convocada por sindicatos do pessoal de cabine, em pleno verão.

Em comunicado, a Air France, que hoje cancelou 13% dos voos, indicou que 36% do pessoal de cabine estará em greve na quinta-feira.

A companhia aérea disse que tem intenção de manter "mais de 90%" das ligações intercontinentais, "mais de 70%" dos voos europeus com origem ou destino no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, e "mais de 80%" dos voos domésticos.

A Air France referiu ainda que pode ter de reduzir o número de passageiros em alguns aviões em que haja hospedeiras ou comissários de bordo em greve e que poderá também haver cancelamentos e atrasos de última hora.

Sobre a greve de hoje, a Air France indicou que as operações durante a manhã decorreram de acordo com o previsto.

A greve deverá prolongar-se até 2 de agosto e no centro do conflito laboral está a negociação do acordo coletivo, com o atual a expirar em outubro e a administração da empresa a querer prolongá-lo por mais 17 meses, um prazo que os sindicatos do setor consideram "insuficiente".

O grupo Air France-KLM anunciou hoje uma redução dos prejuízos no primeiro semestre para 114 milhões de euros, depois dos 638 milhões registados no mesmo período do ano passado.


Lusa

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.