sicnot

Perfil

Mundo

Casal indiano agredido até à morte por causa de dívida de 20 cêntimos

Um comerciante armado com um machado agrediu até à morte um casal no norte da Índia por não terem pago uma dívida de 20 cêntimos, disse a polícia.

O casal de meia-idade, do estado de Uttar Pradesh e que pertencia à casta mais baixa Dalit, estava a ir para casa quando o comerciante lhes pediu para pagarem a dívida de 15 rupias (0,20 euros).

"O dono da loja pediu o dinheiro mas eles suplicaram que os deixasse pagar mais tarde. Ele ficou enfurecido e atacou-os com um machado", disse à agência AFP, o oficial de investigação do distrito de Mainpuri, Arun Kumar.

O oficial disse que o casal comprou bens da loja na semana passada com a promessa de pagar ao lojista de 60 anos dentro de uma semana.

O comerciante foi preso logo depois do incidente e a arma do crime foi recuperada.

Centenas de pessoas são mortas na Índia todos os anos por causa de provocações repentinas, muitas vezes triviais.

Em 2014, quase 15% dos assassinatos em Nova Deli não tiveram qualquer motivo, segundo a polícia, e foram quase todos cometidos por pessoas que não são criminosas, apenas tiveram um acesso de raiva.

Mais de 33.000 pessoas foram mortas na Índia em 2014, segundo os números mais recentes publicados pelo gabinete nacional de registos criminais.

Lusa

  • "Serei o Presidente de todos os angolanos"
    2:06
  • Homens vítimas de violência doméstica
    31:17
  • Costa de Metro de Odivelas para Lisboa para relembrar corrida entre burro e Ferrari
    2:55

    Autárquicas 2017

    António Costa começou hoje o dia de campanha em Odivelas, para uma viagem de Metro até Lisboa, em que recordou a célebre corrida entre um burro e um Ferrari que protagonizou em 1993 quando foi canditado do PS à Câmara de Loures. Foi nesta cidade, onde ontem à noite, que desferiu um violento ataque a Pedro Passos Coelho, acusando-o de transformar o PSD num partido que não é digno de um Estado democrático.

  • O aeroporto de Beja, um "elefante branco" na planície alentejana
    4:33
  • Supervisão bancária origina novo diferendo entre Carlos Costa e Governo
    0:57

    Economia

    Reacendeu-se a guerra entre o Governo e o governador do Banco de Portugal. Em conferência na sede do banco, esta segunda-feira, Carlos Costa deixou uma crítica indireta ao novo modelo de supervisão bancária. O ministro das Finanças, Mário Centeno, não gostou e exigiu a Carlos Costa que se retratasse, mas o governador recusou-se.

  • Paciente há 15 anos em estado vegetativo consegue seguir objetos e mexer a cabeça

    Mundo

    Um homem de 35 anos, que ficou em estado vegetativo após um acidente de viação há 15 anos, deu sinais de consciência depois de lhe ter sido aplicada uma nova técnica de estimulação nervosa. Cirurgiões implantaram no paciente um pequeno aparelho que estimula o nervo vago, responsável pela ligação nervosa entre o cérebro e o resto do corpo. A intervenção aconteceu em França e a descoberta foi publicada na revista científica Current Biology.