sicnot

Perfil

Mundo

Air France cancela 20% dos voos previstos para sábado

© Philippe Laurenson / Reuters

A companhia aérea Air France cancelou hoje 20% dos seus voos e prevê fazer o mesmo no sábado, devido a uma greve convocada por sindicatos do pessoal de cabine.

Em comunicado, a Air France explicou que, com base nos funcionários que declararam que vão fazer greve, a percentagem de grevistas no sábado será de 42%, superior aos 37% de hoje.

A companhia disse que tenciona manter "mais de 90%" dos voos de longa distância, "mais de 70%" dos voos europeus com saída ou chegada no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, e "mais de 80%" dos voos domésticos.

Um porta-voz da Air France explicou à agência Efe que estas previsões podem ser feitas devido a uma cláusula que obriga os trabalhadores a indicarem se vão fazer greve com 48 horas de antecedência.

Um representante sindical disse à mesma agência que a situação vai piorando dado que as pessoas que substituem os que estão em greve têm três dias de descanso por cada escala.

Desde a passada segunda-feira, a companhia já enviou cerca de 550 mil mensagens para informar os passageiros do impacto da greve, que começou na quarta-feira e deve prolongar-se até 02 de agosto.

No centro do conflito laboral está a negociação do acordo de empresa, que determina as regras de trabalho, de remuneração e as promoções.


Lusa

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Motim em prisão brasileira fez pelo menos 30 mortos
    1:09

    Mundo

    Um novo motim numa prisão brasileira fez pelo menos 30 mortos. A prisão, que é a maior do Estado do Rio Grande do Norte, tem capacidade para 600 reclusos mas acolhe quase o dobro. Após o motim de 14 horas, a polícia já tem o controlo total da prisão.

  • Aqui também se vive
    16:07
  • Austrália condena Japão por caça de baleias no Oceano Antártico

    Mundo

    O Governo da Austrália condenou hoje o Japão por retomar a caça de baleias no Oceano Antártico, após a divulgação de imagens de um cetáceo morto a bordo de um barco japonês que se encontrava em águas protegidas.O ministro do Ambiente, Josh Frydenberg, manifestou "profunda deceção", um dia depois de a organização Sea Shepherd divulgar fotografias e vídeos de uma baleia minke no barco japonês Nisshin Maru.