sicnot

Perfil

Mundo

Air France cancela 20% dos voos previstos para sábado

© Philippe Laurenson / Reuters

A companhia aérea Air France cancelou hoje 20% dos seus voos e prevê fazer o mesmo no sábado, devido a uma greve convocada por sindicatos do pessoal de cabine.

Em comunicado, a Air France explicou que, com base nos funcionários que declararam que vão fazer greve, a percentagem de grevistas no sábado será de 42%, superior aos 37% de hoje.

A companhia disse que tenciona manter "mais de 90%" dos voos de longa distância, "mais de 70%" dos voos europeus com saída ou chegada no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, e "mais de 80%" dos voos domésticos.

Um porta-voz da Air France explicou à agência Efe que estas previsões podem ser feitas devido a uma cláusula que obriga os trabalhadores a indicarem se vão fazer greve com 48 horas de antecedência.

Um representante sindical disse à mesma agência que a situação vai piorando dado que as pessoas que substituem os que estão em greve têm três dias de descanso por cada escala.

Desde a passada segunda-feira, a companhia já enviou cerca de 550 mil mensagens para informar os passageiros do impacto da greve, que começou na quarta-feira e deve prolongar-se até 02 de agosto.

No centro do conflito laboral está a negociação do acordo de empresa, que determina as regras de trabalho, de remuneração e as promoções.


Lusa

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após noite de chuva intensa e queda de granizo
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC