sicnot

Perfil

Mundo

Muçulmanos de França convidados para homenagem a padre assassinado

© Pascal Rossignol / Reuters

A comunidade muçulmana de França foi convidada a participar nas cerimónias católicas de hoje em homenagem ao padre assassinado na semana passada por dois terroristas de 19 anos.

Missas serão celebradas por todo o país em memória do padre octogenário Jacques Hamel, morto por dois jovens de 19 anos que atacaram uma igreja na Normandia e que reivindicaram a sua ligação ao grupo extremista Daesh, que confirmou a relação.

"Somos todos católicos de França", disse Anouar Kbibech, chefe do Conselho Muçulmano francês, numa expressão de união após o ataque.

O Conselho Muçulmano disse que ao assistir este domingo às cerimónias católicas os muçulmanos mostrariam a sua "solidariedade e compaixão".

Os dois terroristas de 19 anos foram abatidos pela polícia depois de terem feito cinco reféns na igreja e de terem assassinado o padre.

Um dos jovens era Abel Malik Petitjean e estava referenciado pela polícia desde finais de junho por ter tentado juntar-se à jihad islâmica e por suspeita de radicalização. O outro era Adel Kermiche, nascido em território francês.

Lusa

  • A culpa é de Obama
    0:32

    Mundo

    Quem o diz é Donald Trump. O Presidente dos EUA acusa o antecessor de estar por detrás das fugas de informação e dos protestos feitos por todo o país.

  • Turistas à volta da Lua em 2018
    1:21
  • O mapa da "Ilha Misteriosa" vai a leilão

    Cultura

    Desenhado à mão pelo próprio Júlio Verne, anotado a caneta encarnada e preta, o mapa da "Ilha Misteriosa", sinónimo de aventuras para gerações de leitores, vai a leilão amanhã em Paris.