sicnot

Perfil

Mundo

Programa espacial chinês afirma que não há vestígios de água na lua

A pegada da bota de um astronauta no solo da Lua na missão Apollo 11 a 20 de Julho de 1969.

Os dados recolhidos pela primeira sonda espacial chinesa na superfície lunar, a Chang E 3, "confirmam as especulações de que não há água na lua", afirmou hoje o diário oficial chinês, China Daily.

A conclusão resultou da análise das medições feitas pela Chang E 3 no Mare Imbrium ("Mar da Chuva", em latim), a segunda maior cratera da superfície lunar, onde a sonda chinesa pousou em dezembro de 2013 e onde estudou a estrutura do solo a centenas de metros de profundidade.

"Medimos a quantidade de água na superfície lunar e acima dela, mas até ao momento apenas encontrámos as mais baixas quantidades", afirmou ao diário chinês, citado pela Efe, o investigador da Academia Chinesa de Ciências, Wen Jianyan.

A existência de água na lua, uma teoria que levou antigos astrónomos a chamar "mares" às crateras lunares, foi uma hipótese que perdeu força quando os primeiros astronautas pisaram a superfície do satélite da terra em 1969.

Entretanto, novas missões à Lua, como a da missão indiana com a sonda Chandrayaan 1 no final da década passada, voltaram a dar força à teoria da existência de água no planeta, um elemento fundamental para que possa colocar-se a, para já, remota possibilidade de colonização humana.

A China lançará a sua quarta sonda lunar, a Chang E 4, em 2018 e pondera a possibilidade de enviar missões tripuladas no futuro, eventualmente na próxima década.

Lusa

  • Astronautas que foram à lua têm maior risco de doenças cardíacas

    Mundo

    Jim Irwin, Donn Eisele, Donald Evans, Wallya Schirra e Neil Armstrong. Estes cinco astronautas da missão Apolo morreram de ataque cardíaco ou com problemas relacionados. De acordo com um estudo agora publicado na Nature's Scientific Reports, cerca de 43% dos astronautas já mortos das missões Apolo, morreram devido a problemas cardiovasculares, provocados pela exposição à radiação espacial.

  • Passos explica porque se irritou com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.