sicnot

Perfil

Mundo

Companhia privada autorizada a fazer voos para a Lua

A Lua fotografada pelo astronauta canadiano Chris Hadfield.

© NASA NASA / Reuters

Uma companhia privada norte-americana obteve hoje permissão para enviar um robô para a Lua. É a primeira vez que uma missão espacial privada é autorizada a a voar além da órbita da Terra.

A missão da empresa Moon Express, com lançamento previsto para o próximo ano, pretende transportar para a Lua equipamento para realizar experiências. Mas tem outros objetivos, como por exemplo, levar cinzas de pessoas que queiram o solo lunar como última morada.

A Moon Express é uma das 16 companhias que concorrem ao prémio Google Lunar X, que oferece 18 milhões de euros para a primeira equipa privada que conseguir enviar para a superfície lunar um veículo capaz de se deslocar, pelo menos, 500 metros e difundir para a Terra imagens de alta definição

A Moon Express pretende ainda perfurar a Lua à procura de metais raros e trazê-los para a Terra.

Ilustração do veículo espacial MX-1

Ilustração do veículo espacial MX-1

Moon Express

  • Dois em cada três idosos em Portugal são sedentários

    País

    É a camada da população mais inativa e com comportamentos que revelam um estilo de vida menos saudável, segundo um estudo divulgado hoje, que analisou os dados de mais de 10.600 portugueses representativos da população, entre os quais mais de 2.300 pessoas com mais de 65 anos.

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • O que muda com a saída do Procedimento por Défice Excessivo?
    2:10
  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • Marcelo opta pelo silêncio sobre a eutanásia
    1:09

    Eutanásia

    Marcelo Rebelo de Sousa diz que só tomará uma posição sobre a eutanásia quando o diploma chegar a Belém. O chefe de Estado garante que vai ficar em silêncio, para não condicionar o debate e também "para ficar de mãos livres para decidir".