sicnot

Perfil

Mundo

Incêndio nas Canárias provocado por homem que fazia as suas necessidades

MIGUEL CALERO

Um incêndio no arquipélago espanhol das Canárias, que matou um guarda-florestal, foi provocado por um alemão que tinha feito as suas necessidades na mata e pegou fogo ao papel higiénico.

Cerca de 700 pessoas foram retiradas, por precaução, das áreas próximas do incêndio, que hoje ao meio-dia tinha consumido cerca de mil hectares, indicou à agência France-Presse um porta-voz dos serviços de emergência das Canárias, arquipélago montanhoso ao largo da costa noroeste africana.

No combate às chamas estavam envolvidos perto de 200 operacionais, seis helicópteros e um hidroavião, acrescentou a mesma fonte.

Um alemão, de 27 anos, foi detido na quarta-feira à tarde por alegadamente ter sido autor do fogo, disse à AFP um porta-voz da Guarda Civil. O homem "declarou aos agentes que provocou o incêndio acidentalmente, depois de ter defecado e ter ateado fogo ao papel higiénico utilizado", de acordo com um comunicado da polícia.

Acusado de ter causado um incêndio florestal por negligência, o alemão deve ser presente a tribunal ainda hoje.

As condições meteorológicas de calor e ventos fortes podem complicar a tarefa das autoridades, admitiu o porta-voz do serviço de urgências.

O Governo espanhol anunciou o envio de nove aviões e helicópteros para combater o incêndio.

O chefe do executivo, Mariano Rajoy, enviou as suas condolências à família da vítima, de 54 anos, numa mensagem publicada na rede social Twitter.

Lusa

  • "Cada drama, cada problema, cada testemunho, impressiona muito"
    1:55
  • Clínica veterinária em Tondela recebeu dezenas de animais feridos nos fogos
    2:57
  • Temperaturas sobem até ao final do mês
    1:09

    País

    O tempo não dá tréguas e, até ao final do mês, as temperaturas vão atingir valores acima do normal para esta época do ano. As temperaturas máximas vão subir entre os 25 e os 32 graus. O risco de incêndio aumenta a partir desta segunda-feira em todo o país e os meios aéreos, viaturas, operacionais e equipas de patrulha vão ser reforçados.

  • Maioria das praias do Algarve já não tem nadador-salvador
    2:19

    País

    A lei não obrigada os concessionários a garantir o serviço e, por isso, a esmagadora maioria das praias do Algarve está sem vigilância desde 30 de setembro. Ainda assim, os areais vão atraindo milhares de banhistas com as temperaturas altas que ainda se fazem sentir. Um nadador-salvador recomenda os banhistas a não nadar e, em dias de ondulação, evitar caminhadas à beira-mar.

  • Parlamento catalão vai responder à ativação do artigo 155
    1:54
  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31