sicnot

Perfil

Mundo

Itália aprova pacote legislativo para combater desperdício alimentar

"A comida desperdiçada na Europa dava para alimentar 200 milhões de pessoas", refere a FAO.

© Stefano Rellandini / Reuters (Arquivo)

O Governo italiano aprovou um conjunto de leis que visam reduzir a quantidade de alimentos desperdiçados anualmente no país. O objetivo é passar de 5 milhões de toneladas anuais de desperdício alimentar para 1 milhão de toneladas.

O pacote legislativo, votado a 2 de agosto, foi aprovado por maioria, tendo apenas uma abstenção e dois votos contra.

Entre as várias medidas, incluiu-se uma que pretende encorajar as famílias a levar para casa as sobras da refeição quando vão comer fora.

A doação de alimentos por parte de supermercados, restaurantes ou produtores agrícolas também se tornou mais fácil, através da eliminação de todos os procedimentos burocráticos até agora necessários para a doação de comida.

De acordo com o Fundo das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO), a Europa regista 40% de desperdício alimentar. No resto do Mundo, a percentagem é inferior a um terço.

"A comida desperdiçada na Europa dava para alimentar 200 milhões de pessoas", concluiu a FAO.

  • Governo quer reduzir gastos com papel na função pública
    1:08

    Economia

    O Governo proibiu a livre utilização das impressoras pelos funcionários públicos. O ministro das Finanças quer assim reduzir em 20% a despesa em consumo de papel e, ao mesmo tempo, minimizar a perigosidades dos resíduos produzidos com as impressoras, no Estado.