sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 12 mortos em tiroteio na Índia

O tiroteio ocorreu às 11:00 locais, num mercado do distrito de Kokrajhar, no Estado de Assam.

© Amit Dave / Reuters

Pelo menos 12 pessoas foram hoje mortas a tiro num mercado no nordeste da Índia, anunciou a polícia indiana. Um dos atacantes foi morto pelas forças de segurança depois do ataque, informou Sahay, acrescentando que os atacantes também usaram uma granada, que deu origem a um incêndio num edifício do mercado, cheio de consumidores.

"Extremistas atacaram pessoas desarmadas num mercado. Pelo menos 12 foram mortas", disse Mukesh Sahay, diretor-geral da polícia do Estado de Assam, onde se deu o ataque.

O tiroteio ocorreu às 11:00 (06:30 em Lisboa), num mercado do distrito de Kokrajhar, no Estado de Assam.

As autoridades regionais afirmaram que reforços policiais e paramilitares foram enviados para Balajan, a cerca de 220 quilómetros a oeste de Guwahati, principal cidade de Assam.

O ataque, que causou também vários feridos, não foi reivindicado, mas a região, perto da fronteira com o Butão, e onde vive a etnia 'bodo' tem sido palco de numerosos confrontos entre as autoridades indianas e grupos rebeldes separatistas.

O subcomissário da administração regional, P.K. Bhagawati, indicou que as vítimas pertencem "a diferentes comunidades" e o incidente ocorreu num contexto de tensão frequente entre as várias etnias e grupos religiosos que vivem na região.

No passado, a polícia local atribuiu vários ataques à Frente Nacional Democrática de Bodoland, que luta pela independência da região e visa habitualmente a comunidade muçulmana.

Habitante original da área, a etnia 'bodo' acusa os muçulmanos, que chegaram à zona nas últimas décadas, provenientes do vizinho Bangladesh, de ocupar terras e postos de trabalho.

Ativistas das duas comunidades protagonizaram em 2012 violentos confrontos armados que causaram pelo menos uma centena de vítimas mortais, destruíram centenas de povoados e desencadearam o êxodo de dezenas de milhares de pessoas.

Em 2014, milhares de pessoas fugiram da região após uma série de ataques coordenados pelos rebeldes, que mataram pelo menos 69 pessoas.

Com Lusa

  • Cristas acusa Costa de mentir sobre acordo da concertação social
    3:01

    Economia

    A presidente do CDS acusou esta terça-feira o primeiro-ministro de mentir no debate quinzenal, ao dizer que o acordo da concertação social já estava assinado. Foi o momento mais aceso, com Assunção Cristas a dizer que António Costa não tem condições para chefiar o Governo.

  • Trump prestará juramento com a duas bíblias

    Mundo

    Donald Trump prestará juramento, na próxima sexta-feira, como o 45.º Presidente dos Estados Unidos, usando duas Bíblias - a sua, oferecida pela sua mãe, e a que Abraham Lincoln usou na sua posse, há 150 anos.

  • Esta foto pode salvar a sua vida

    Mundo

    Podemos até estar familiarizados com os sinais do cancro da mama, mas quando se trata de identificar sintomas visuais nos nossos próprios seios, já não é tão fácil. Por isto, uma designer resolveu mostrar como descobrir sinais através de uma ajuda improvável: limões.

    Rita Ferro Alvim