sicnot

Perfil

Mundo

Autoridades belgas detêm três suspeitos de terrorismo, buscas em oito residências em Bruxelas

Virginia Mayo / AP

As forças de segurança belgas detiveram na quinta-feira à noite três pessoas e efetuaram buscas em oito residências em Bruxelas, numa operação antiterrorista, informou hoje o ministério público federal da Bélgica.

O juiz, especializado em casos de terrorismo e que lidera a investigação, ordenou as buscas a seis apartamentos em Laeken, um em Evere e outro em Anderlecht.

Na operação, na qual participou a polícia judiciária de Bruxelas, não foram encontrados explosivos e foram detidas três pessoas, identificadas como Wassime A., Asma A. e Malkia B.

O juiz de instrução vai decidir, ainda hoje, se ficam sob detenção ou em liberdade.

O ministério público federal belga informou que não dará mais pormenores das buscas efetuadas para não comprometer a investigação.

A 22 de março, a Bélgica foi palco de dois atentados terroristas no aeroporto de Zaventem e na estação de metropolitano de Maelbeek, que causaram 32 mortos e centenas de feridos.

Nos meses seguintes aos ataques sucederam-se várias ameaças de bomba falsas e multiplicaram-se as operações policiais.

Em pelo menos duas ocasiões a polícia federal belga anunciou a detenção de vários suspeitos que alegadamente planeavam cometer novos atentados no país, incluindo durante o campeonato europeu de futebol.

A entidade de coordenação de análise de ameaça belga decidiu manter o alerta de risco de atentado terrorista no níverl três numa escala de quatro, o que implica medidas de segurança reforçadas e presença militar nas ruas.

Lusa

  • Um pedido de desculpas aos portugueses e um ultimato ao Governo
    3:21
  • Vouzela tenta regressar à normalidade, 8 pessoas morreram no concelho
    2:28

    País

    No concelho de Vouzela, a população começa a voltar à normalidade. Aos poucos a luz e a água estão a voltar e as pessoas começam a ganhar forças para reconstruir aquilo que lhes foi tirado pelos fogos. No entanto, as feridas demoram a sarar e não será fácil esquecer que 80 a 90 por cento deste concelho foi destruído pelos incêndios e oito pessoas morreram.

  • Material de guerra de Tancos encontrado, faltam munições
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • Madrid admite suspender autonomia da Catalunha
    1:51
  • Alemanha já tem uma versão de Donald Trump... em cera
    1:08