sicnot

Perfil

Mundo

Televisão estatal do Egipto retira apresentadoras do ar "até que percam peso"

A televisão estatal do Egito decidiu retirar diversas apresentadoras do ar até que percam peso, numa decisão que veio dividir a opinião pública no país, revelou esta quinta-feira a sua diretora, Safaa Hegazy.

Seis a oito apresentadoras vão ser afetadas pela medida que "surge no quadro do desenvolvimento, tanto na forma como no conteúdo, da programação", disse à agência AFP.

As apresentadoras terão a possibilidade de "continuar a trabalhar na produção durante o período que precisarem para perder peso".

"Elas podem regressar depois ao ecrã", ressalvou Safaa Hegazy.

A decisão foi qualificada de "discriminatória" nomeadamente por grupos de defesa dos direitos humanos.

É "vergonhosa" e "contrária" à Constituição, apontou o centro de assistência jurídica para as mulheres egípcias.

Khadija Khattab (na fotografia em baixo), pivô afetada pela medida, afirmou, também à agência noticiosa francesa, sentir-se "caluniada", considerando ainda que "a publicação dessa decisão nos jornais equivale a uma difamação contra as apresentadoras".

Hegazy rejeitou as acusações de sexismo: "Como pode haver discriminação contra as mulheres numa instituição gerida por uma?"

A chefe da União de Rádio e Televisão do Egito, que gere a televisão estatal, argumentou que as pivôs "já não são como eram" quando foram contratadas, sugerindo que engordaram.

Se alguns criticaram a medida, outros manifestaram o seu apoio.

"Concordo com esta decisão porque a aparência de uma apresentadora é um critério importante", observou Sami Abdel Aziz citado como um "especialista dos meios de comunicação social" ao diário estatal egípcio Al Ahram.

Lusa

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Desporto

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Desporto

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.

  • Mais cinco ilhas dos Açores sob aviso vermelho

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou esta quarta-feira para vermelho o aviso para as cinco ilhas do grupo central dos Açores, onde no Faial o vento atingiu os 150 quilómetros por hora.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • As primeiras palavras de um dos sobreviventes da Chapecoense
    0:29
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.