sicnot

Perfil

Mundo

Turquia emite mandados de captura para 84 catedráticos

© Umit Bektas / Reuters

O Ministério Público turco emitiu mandados de captura para 84 catedráticos, principalmente em Konya (centro), por alegadas ligações com Fethullah Gulen, acusado de ser o cérebro da tentativa de golpe de Estado na Turquia.

Vinte e nove suspeitos foram detidos provisoriamente no âmbito desta operação realizada em 17 províncias do país, indicou a agência noticiosa Dogan.

A maioria dos suspeitos trabalha na universidade Selcuk de Konya. O antigo reitor, o professor Hakki Gokbel, integra a lista dos procuradores turcos, acrescentou a Dogan.

As autoridades turcas lançaram uma purga, na sequência da tentativa de golpe de Estado de 15 de julho, para afastar e deter apoiantes do movimento de Gulen em cargos na função pública, forças armadas, magistratura, no sistema de ensino e empresas. A operação tem suscitado fortes protestos no estrangeiro.

As autoridades turcas tentam assim cortar as fontes de financiamento da rede de Gulen, inimigo "número um" do Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan. Gulen vive desde 1999 nos Estados Unidos e Ancara exige com frequência a sua extradição.

Mais de cinco mil funcionários foram demitidos e 80 mil suspensos, anunciou na quarta-feira o primeiro-ministro turco, Binali Yildirim. Vinte mil pessoas foram acusadas e detidas, acrescentou.

Lusa

  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.

  • Presidente do Brasil formalmente acusado de corrupção

    Mundo

    O Procurador-Geral da República do Brasil apresentou na noite de segunda-feira ao Supremo Tribunal Federal uma denúncia contra o Presidente Michel Temer e o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) pelo crime de corrupção passiva.

  • Reconquista de Mossul ao Daesh pode estar para breve
    1:27
  • Homem fala ao telefone com o filho que pensava estar morto

    Mundo

    Um norte-americano que tinha estado presente no funeral do filho recebeu, 11 dias depois, uma chamada telefónica de um homem que o pôs em contacto... com o filho que havia enterrado semana e meia antes. Tudo por causa de um erro do gabinete de medicina legal.