sicnot

Perfil

Mundo

Forças iraquianas retomam cidade importante a sul de Mossul ao Daesh

As forças armadas iraquianas, apoiadas por ataques aéreos da coligação internacional, retomaram esta quinta-feira o controlo total de Qayyarah, uma cidade do norte do Iraque e estratégica na ofensiva para a reconquista de Mossul, atual bastião do Daesh.


"Nós controlamos toda a cidade e conseguimos, num período de tempo muito reduzido, eliminar o Daesh", anunciou o general Riyadh Jalal Tawfik, comandante das forças terrestres iraquianas, citado pela agência noticiosa francesa AFP.

O responsável indicou que unidades técnicas estão agora a limpar a cidade dos engenhos explosivos deixados pelos jihadistas antes de fugirem.

Qayyarah fica na margem ocidental do rio Tigre, a cerca de 60 quilómetros a sul de Mossul, a última grande cidade nas mãos do Daesh no Iraque, situada no norte do país.

Na terça-feira, as forças armadas, ajudadas pelos serviços de contraterrorismo (CTS) lançaram um ataque para retomar o controlo da cidade e, na quarta-feira, conseguiram chegar ao centro, garantindo a segurança de vários bairros.

O primeiro-ministro iraquiano, Haider Al-Abadi, saudou em comunicado a retomada da cidade que, segundo ele, é uma etapa fundamental para "a libertação de Mossul".

"As nossas forças heroicas obtiveram uma grande vitória, que representa uma etapa importante para a libertação de Mossul", declarou.

Lusa

  • Younes Abouyaaqoub, o homem mais procurado de Espanha
    1:53
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22