sicnot

Perfil

Mundo

EUA aplicam sanções a pessoas e entidades ligadas ao conflito na Ucrânia

O Departamento do Tesouro dos EUA anunciou esta quinta-feira novas sanções ligadas ao conflito na Ucrânia, focando-se em 37 indivíduos e entidades na Federação Russa e Ucrânia.

O grupo ABR Management, um ramo do banco Rossia, conhecido por ser o banco do primeiro círculo do poder na Federação Russa, foi assim acrescentado à lista negra das sanções norte-americanas que congelam os ativos no território norte-americano das pessoas e entidades mencionadas.

O total das empresas de construção, transportes e defesa sancionadas ascende a 18, entre as quais a SGM-Most e a PJSC Mostotrest, envolvidas na construção da ponte sobre o Estreito de Kertch, que deve ligar a península da Crimeia ao sul da Rússia em 2018.

Por outro lado, 17 ucranianos separatistas, acusados por Washington "de apoiar direta ou indiretamente as políticas que ameaçam a paz, a segurança e a estabilidade (...) na Ucrânia" também são sancionados.

Lusa

  • A Verdade sobre a Mentira
    35:13
  • Elemento dos Super Dragões com medida de coação mais gravosa
    1:37

    Desporto

    Os seis arguidos da Operação Jogo Duplo, que investiga crimes de corrupção e viciação de resultados na II Liga de futebol, saíram em liberdade. A medida de coação mais gravosa é para um membro da claque Super Dragões, que terá de pagar uma caução de 5 mil euros.

  • Mais de 120 pessoas com hepatite A
    2:23

    País

    O surto de hepatite A já infetou 128 pessoas, 60 das quais estão internadas em hospitais de Lisboa e Coimbra. A Direção-Geral da saúde recomenda a vacinação apenas aos familiares dos doentes. Apesar de não haver ruptura de stocks, há farmácias que não têm vacinas.

  • Sobreviventes de Mossul relatam mutilações e execuções do Daesh
    1:32