sicnot

Perfil

Mundo

Hollande e Merkel pedem que trégua na Ucrânia seja duradoura

​O Presidente francês, François Hollande, e a chanceler alemã, Angela Merkel, manifestaram apoio à trégua que entrou em vigor na Ucrânia e apelaram para que seja "o princípio de um cessar-fogo duradouro".

Num comunicado conjunto, os dois dirigentes manifestaram "séria preocupação" com a situação de segurança no leste da Ucrânia, em particular na linha de separação as forças ucranianas e separatistas.

Hollande e Merkel reafirmam no texto "determinação para continuar todos os esforços" para "a plena" aplicação dos Acordos de Minsk e reiteram "o compromisso para com a soberania e integridade da Ucrânia".

O Grupo de Contacto, formado por representantes da Ucrânia, da Rússia e da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) chegou a acordo a 26 de agosto para um cessar-fogo na zona de conflito a partir de 1 de setembro, data do início do ano escolar.

Os Acordos de Minsk prevêem, desde fevereiro de 2015, um cessar-fogo no leste da Ucrânia, mas a trégua tem sido frequentemente violada.

Lusa

  • António Costa evita perguntas sobre estágios não remunerados
    1:55
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14