sicnot

Perfil

Mundo

Wal-Mart quer eliminar 7 mil empregos em lojas nos EUA

A multinacional Wal-Mart, a maior cadeia de vendas a retalho do mundo, tenciona eliminar 7 mil empregos em estabelecimentos dos Estados Unidos, noticiou esta quinta-feira o The Wall Street Journal.

Segundo o jornal, a medida afetará funcionários ligados à contabilidade e faturação, numa altura em que a empresa pretende centralizar e automatizar boa parte das tarefas até agora a cargo desses trabalhadores.

The Wall Street Journal referiu ainda que esta medida é um sinal das mudanças que estão a avançar na empresa, que enfrenta cada vez mais a concorrência das vendas na internet da Amazon e outras plataformas.

As ações da Wal-Mart estavam hoje a subir 0,62% na bolsa de Nova Iorque, onde já registaram uma valorização de 17% desde o início do ano.

Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.