sicnot

Perfil

Mundo

Obama visita atol do Pacífico no Havai

Obama visita atol do Pacífico no Havai

O Presidente dos Estados Unidos visitou hoje o atol de Midway, a noroeste do Havai, para oficializar a criação da maior reserva marinha do mundo. Esta é mais uma etapa da viagem de 10 dias, dedicada à defesa do meio ambiente. Antes de partir para a China, onde vai participar na cimeira do G20, Barack Obama passou algum tempo a observar as espécies no atol.

  • Barack Obama sublinha que nenhum país esta imune às alterações climáticas
    1:43

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos alertou esta quarta-feira que nenhum país está imune às alterações climáticas. O ambiente é um dos temas fortes da viagem de 10 dias que Barack Obama iniciou no Havai. O Presidente diz que a preservação da natureza ajudará o mundo a adaptar-se a um clima mais quente. Obama viaja depois para a China onde participa na cimeira do G20.

  • Furacão Madeline poderá chegar ao Havai nas próximas horas

    Mundo

    O Serviço Nacional de Meteorologia do Havai alertou para a possível chegada do furacão Madeline ao arquipélago do Havai, nas próximas horas. Nas imagens captadas a partir do espaço pela Estação Espacial Internacional é possível observar dois furacões. Madeline, de categoria três, encontra-se a 716 quilómetros, a leste da cidade de Hilo, desde o início desta terça-feira.

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.