sicnot

Perfil

Mundo

Universidade nos EUA dá prioridade à admissão de descendentes de escravos

A universidade de Georgetown, em Washington, nos EUA, anunciou que vai dar prioridade à admissão dos descendentes de escravos, que vendeu no século XIX para pagar dívidas.

Em 1838, os jesuítas ligados àquela que é hoje uma das mais prestigiadas universidades do mundo, venderam 272 escravos para pagar contas do estabelecimento de ensino.

Em 2015 o presidente da universidade criou um grupo de trabalho para avaliar a relação histórica da instituição com a escravatura. Desse grupo saíu a decisão de facilitar o acesso a descendentes de escravos, bem como a criação um memorial público e a alteração do nome de dois dos edifícios da universidade para os de um homem e uma mulher, vendidos há mais de 100 anos.

  • "Serei o Presidente de todos os angolanos"
    2:06
  • Homens vítimas de violência doméstica
    31:17
  • O aeroporto de Beja, um "elefante branco" na planície alentejana
    4:33
  • Paciente há 15 anos em estado vegetativo consegue seguir objetos e mexer a cabeça

    Mundo

    Um homem de 35 anos, que ficou em estado vegetativo após um acidente de viação há 15 anos, deu sinais de consciência depois de lhe ter sido aplicada uma nova técnica de estimulação nervosa. Cirurgiões implantaram no paciente um pequeno aparelho que estimula o nervo vago, responsável pela ligação nervosa entre o cérebro e o resto do corpo. A intervenção aconteceu em França e a descoberta foi publicada na revista científica Current Biology.

  • Explosão do vulcão Agung é certa, mas é impossível saber quando
    1:24