sicnot

Perfil

Mundo

Autoridades francesas expulsam tunisino radicalizado do país

Um tunisino "radicalizado" foi expulso esta segunda-feira de França para a Tunísia por representar uma "ameaça para a ordem pública", referiu o Ministério do Interior francês.

Desde o início de 2012, as autoridades francesas já expulsaram do país 80 pessoas, 16 das quais desde o início de 2016.

Em agosto, foram expulsas do país oito pessoa.

"Dada a séria ameaça que representa para a ordem pública manter em território francês aquela pessoa radicalizada, o ministro do Interior decidiu pela sua deportação", referiu, em comunicado, o Ministério do Interior, sem dar mais detalhes sobre a expulsão.

Lusa

  • Não houve negligência médica no caso do jovem em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • "Nobel é um incentivo para toda uma nação"
    1:19