sicnot

Perfil

Mundo

Deputado inglês demite-se após escândalo de prostituição

© Toby Melville / Reuters

O deputado inglês Keith Vaz, do Partido Trabalhista, anunciou hoje a demissão do cargo de presidente da Comissão dos Assuntos Internos da Câmara dos Comuns, após o escândalo que aparentemente o liga a um caso de droga e prostituição masculina.

O jornal britânico Sunday Mirror publicou domingo uma história em que garante que Keith Vaz, casado e pais de dois filhos, terá sido filmado a pagar a dois acompanhantes os respetivos serviços sexuais.

O deputado da oposição indicou que deixa de presidir a poderosa Comissão dos Assuntos Internos, que investiga, entre outras, questões ligadas à imigração, droga e trabalhadores do sexo, para que esta possa manter "o trabalho importante" a que se dedica e "para evitar quaisquer distrações".

"Lamento genuinamente que os recentes eventos tornem impossível continuar (à frente da Comissão) se me mantiver no cargo", sublinhou Keith Vaz, antigo ministro para os Assuntos Europeus no governo do ex-primeiro-ministro Tony Blair.

A história, contada ao pormenor na agressiva imprensa tabloide britânica, tem provocado um debate sobre se o jornal invadiu injustamente a vida privada de Keith Vaz.

O Sunday Mirror justificou a reportagem com base no "interesse público" em expor Keith Vaz, dado que desempenha funções numa área de define a legislação para os trabalhadores do sexo e para as drogas.

Numa declaração ao Mail on Sunday, Keith Vaz atacou os jornalistas: "lamento genuinamente a dor e a angústia que as minhas ações provocaram".

Segundo o Sunday Mirror, o deputado foi filmado e a conversa gravada ao encontrar-se em agosto com acompanhantes do sexo masculino num apartamento que lhe pertence a norte de Londres.

Numa das conversas com um acompanhante publicada pelo tabloide e no Daily Mirror, Keith Vaz aparentemente oferece-se para comprar cocaína numa data a combinar, embora seja percetível também a parte em que afiança que não é para consumo próprio.

Keith Vaz, natural do Iémen e filho de pais goeses (Índia), foi eleito pela primeira vez para o Parlamento britânico em 1987 pelo seu círculo eleitoral de Leicester (centro de Inglaterra).

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".