sicnot

Perfil

Mundo

Deputado inglês demite-se após escândalo de prostituição

© Toby Melville / Reuters

O deputado inglês Keith Vaz, do Partido Trabalhista, anunciou hoje a demissão do cargo de presidente da Comissão dos Assuntos Internos da Câmara dos Comuns, após o escândalo que aparentemente o liga a um caso de droga e prostituição masculina.

O jornal britânico Sunday Mirror publicou domingo uma história em que garante que Keith Vaz, casado e pais de dois filhos, terá sido filmado a pagar a dois acompanhantes os respetivos serviços sexuais.

O deputado da oposição indicou que deixa de presidir a poderosa Comissão dos Assuntos Internos, que investiga, entre outras, questões ligadas à imigração, droga e trabalhadores do sexo, para que esta possa manter "o trabalho importante" a que se dedica e "para evitar quaisquer distrações".

"Lamento genuinamente que os recentes eventos tornem impossível continuar (à frente da Comissão) se me mantiver no cargo", sublinhou Keith Vaz, antigo ministro para os Assuntos Europeus no governo do ex-primeiro-ministro Tony Blair.

A história, contada ao pormenor na agressiva imprensa tabloide britânica, tem provocado um debate sobre se o jornal invadiu injustamente a vida privada de Keith Vaz.

O Sunday Mirror justificou a reportagem com base no "interesse público" em expor Keith Vaz, dado que desempenha funções numa área de define a legislação para os trabalhadores do sexo e para as drogas.

Numa declaração ao Mail on Sunday, Keith Vaz atacou os jornalistas: "lamento genuinamente a dor e a angústia que as minhas ações provocaram".

Segundo o Sunday Mirror, o deputado foi filmado e a conversa gravada ao encontrar-se em agosto com acompanhantes do sexo masculino num apartamento que lhe pertence a norte de Londres.

Numa das conversas com um acompanhante publicada pelo tabloide e no Daily Mirror, Keith Vaz aparentemente oferece-se para comprar cocaína numa data a combinar, embora seja percetível também a parte em que afiança que não é para consumo próprio.

Keith Vaz, natural do Iémen e filho de pais goeses (Índia), foi eleito pela primeira vez para o Parlamento britânico em 1987 pelo seu círculo eleitoral de Leicester (centro de Inglaterra).

Lusa

  • Primeiras projeções dão vitória a Angela Merkel

    Mundo

    A CDU da chanceler Angela Merkel venceu as eleições legislativas deste domingo com 33,5% dos votos, seguida dos sociais-democratas do SPD e do partido Alternativa para a Alemanha, de extrema-direita, segundo uma sondagem divulgada pela televisão pública ZDF.

  • Maratona da democracia em Barcelona
    1:18

    Mundo

    Na Catalunha, milhares de pessoas alimentam o braço de ferro com Madrid. Em Barcelona decorre a maratona pela democracia, na Praça da Universidade. A iniciativa repete-se noutros 300 municípios da região.

  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.