sicnot

Perfil

Mundo

Poluição atmosférica pode também causar danos a nível cerebral?

© Yves Herman / Reuters

A descoberta no cérebro humano de minúsculas partículas provenientes do ar poluído está a preocupar a comunidade científica. Algumas investigações estabelecem uma ligação entre partículas metálicas e a doença de Alzheimer e defendem que a poluição atmosférica aumenta a incidência da doença.

Um novo estudo revela que foi detetada em quantidade "abundante" a presença de nanopartículas no cérebro humano. Esta pesquisa das Universidades de Lancaster, Oxford e Manchester, no Reino Unido, incidiu sobre 37 indivíduos ingleses e mexicanos, entre os 3 e os 92 anos.

"Agora temos um motivo para ir mais além e realizar testes epidemiológicos e de toxicidade, afinal esta partículas são muito frequentes e as pessoas estão muito expostas a elas", afirmou Barbara Mahler, responsável pela investigação, ao jornal britânico The Guardian.

A poluição atmosférica é um problema de saúde global que mata mais pessoas que a malária e a Sida. Durante muitos anos foi associado a doenças respiratórias e cardíacas, estudo recentes vieram contudo admitir a possibilidade de estar também na origem de doenças degenerativas do cérebro, como o Alzheimer’s e outros patologias mentais.

O estudo publicado pela Academia Nacional de Ciências britânica, encontrou em abundância partículas de magnetite, mineral magnético formado pelos óxidos de ferro.

"Estamos a falar de milhões de partículas magnéticas por casa grama de amostra cerebral analisada, é extraordinário!", realçou Barbara Mahler.

Outros cientistas contactados pelo The Guardian consideraram que este novo estudo mostra com clara evidência que a maioria das partículas magnéticas encontradas nas amostras cerebrais analisadas são provenientes do ar poluído. Quanto à sua ligação com a doença de Alzheimer, muitos consideram-na ainda especulativa.

  • Merkel visita Portugal no final de maio

    País

    A chanceler alemã, Angela Merkel, efetua uma visita oficial a Portugal nos dias 30 e 31 deste mês a convite do primeiro-ministro, António Costa. Com passagem por Braga, Porto e Lisboa.

  • "É pesado dizer a miúdos que ainda ontem os pais estavam a ensinar o atar ténis que vão ficar em prisão preventiva"
    2:49
  • Pecado da gula ameaça maior anfíbio do mundo

    Mundo

    O maior anfíbio do mundo está em sério risco de extinção. Iguaria muito apreciada no Oriente, a salamandra-gigante-da-China já praticamente desapareceu do seu habitat natural, concluiu uma pesquisa realizada durante quatro anos. Em contraste, milhões destes animais são reproduzidos em cativeiro e têm como destino restaurantes de luxo.

  • Reclusos limpam Ria Formosa
    3:01

    País

    Alguns reclusos do estabelecimento prisional de Olhão estão pela segunda vez a limpar a ilha da Armona, na Ria Formosa. São homens que beneficiam de regime aberto e, em fim de cumprimento de pena, têm com este trabalho uma amostra da liberdade que tanto aguardam.