sicnot

Perfil

Mundo

Guterres e Clark no Egito para pedir apoio a respetivas candidaturas à ONU

O ex-primeiro-ministro português António Guterres e a ex-primeira-ministra neozelandesa Helen Clark deslocaram-se esta quarta-feira ao Egito para pedir o apoio do país às respetivas candidaturas para Secretário-Geral da ONU, indicou o ministério dos Negócios Estrangeiros egípcio.

O chefe da diplomacia egípcia, Sameh Shukri, reuniu-se no Cairo com os dois candidatos ao cargo, que tentam obter o voto do Egito, atualmente membro não permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Shukri recebeu hoje às 12:00 locais Guterres, que se confirmou como favorito após três votações no Conselho de Segurança, e este destacou "a importância do Egito" tanto naquele órgão como na Assembleia-Geral da ONU, segundo um comunicado do MNE.

Depois, o ministro egípcio recebeu Clark, uma das cinco mulheres na corrida ao cargo, que também salientou "a importância do apoio do Egito, pela sua influência e peso dentro da ONU", lê-se na nota.

O Conselho de Segurança da ONU tem o poder de propor à Assembleia-Geral das Nações Unidas o novo secretário-geral da organização, e que, em última instância, deverá aprovar a escolha.

Guterres e Clark aspiram a suceder ao sul-coreano Ban Ki-moon, secretário-geral da ONU desde janeiro de 2007 e cujo segundo mandato acaba no final deste ano.

Lusa

  • Lixo, para que te quero?
    23:17
  • Tuk-tuk em protesto oferecem hoje passeios gratuitos em Lisboa

    País

    A Associação Portuguesa de Empresas de Congressos, Animação Turística e Eventos (APECATE) promove hoje a iniciativa "Cá vai Lisboa", com passeios gratuitos de tuk-tuk, para alertar a população para a "problemática" regulamentação municipal deste tipo de veículos.

  • Ricardo Robles apresentado como candidato do BE a Lisboa
    1:31

    Autárquicas 2017

    Ricardo Robles foi formalmente apresentado este sábado como candidato do Bloco de Esquerda à Câmara Municipal de Lisboa. No encerramento da convenção autárquica do partido, Catarina Martins fez críticas ao Governo, dizendo que o projeto de descentralização do Executivo é perigoso e ameaça a democracia.

  • Pavilhão Carlos Lopes esteve encerrado durante 14 anos
    2:27