sicnot

Perfil

Mundo

Merkel anuncia plano para um "novo rumo" da União Europeia

A chanceler alemã Angela Merkel anunciou esta sexta-feira em Bratislava, onde decorre a cimeira de líderes da UE, um plano de trabalho com diversos temas para apresentar em março de 2017, na celebração do 60º aniversário dos Tratados europeus, para uma "mudança de rumo".

"O espírito de Bratislava foi um espírito de cooperação. Sem unidade europeia não vamos conseguir estes objetivos", assinalou a chefe do Governo alemão numa referência a temas como segurança, migração ilegal, proteção das fronteiras externas, luta contra o desemprego e inovação económica.

"Julgo que Bratislava foi o ponto de saída para mais trabalho. Não para grandes declarações ou alterações de tratados, mas para mais ações para os cidadãos europeus", concluiu Merkel.

Lusa

  • Jovens adoptados e filha do líder da IURD com versões diferentes dos acontecimentos
    4:06

    País

    Os jovens adoptados e a filha do bispo Edir Macedo, que alegadamente os adoptou, têm versões diferentes sobre o que aconteceu. Vera e Luís Katz garantem que foram adoptados por uma família norte-americana, com que viveram até aos 20 anos. Viviane Freitas, filha do líder da Igreja Universal do Reino de Deus, conta que foi mãe das crianças durante três anos, apesar de lhe ter sido negada a adopção.

  • Cabecilha da seita Verdade Celestial é "mentiroso, egocêntrico e psicótico"
    2:22

    País

    O cabecilha da seita "Verdade Celestial" foi condenado a 23 anos de pena de prisão por abusos sexuais de crianças e adolescentes. O juiz diz que o cabecilha do grupo era mentiroso patológico, egocêntrico, impulsivo e com personalidade psicótica. Dos oito acusados, duas mulheres foram absolvidas e seis arguidos foram condenados a penas efetivas. A rede de abusadores foi desmantelada há dois anos, numa quinta de Palmela.

  • Mau tempo obriga ao cancelamento de centenas de voos na Europa
    1:21
  • Antigos quadros da Facebook declaram-se preocupados com efeitos da rede social

    Mundo

    Alguns dos antigos quadros da empresa Facebook estão a começar a exprimir sérias dúvidas sobre a rede social que ajudaram a criar, foi noticiado. A Facebook explora "uma vulnerabilidade na psicologia humana" para criar dependência entre os seus utilizadores, afirmou o primeiro presidente da empresa, Sean Parker, num fórum público.