sicnot

Perfil

Mundo

ONU suspende ajuda humanitária na Síria

© Umit Bektas / Reuters

As Nações Unidas anunciaram que vão suspender toda a ajuda humanitária na Síria depois de camiões da ONU terem sido alvo de um ataque aéreo, próximo de Aleppo. A coluna humanitária tinha as autorizações necessárias, também a Rússia e os Estados Unidos tinham sido notificados, informou um porta-voz da ONU.

De acordo com as agências de notícias internacionais, 18 dos 31 camiões da coluna humanitária que transportava farinha, roupas de inverno, e medicamentos, ficaram totalmente destruídos nos bombardeamentos.

Um funcionário do Crescente Vermelho está entre os pelo menos 12 civis mortos no ataque. O presidente do Comité Internacional da Cruz Vermelha, Peter Maurer, descreveu o ataque como "uma violação flagrante da lei internacional da ajuda humanitária".

Os Estados Unidos também manifestaram "indignação" com o ataque, que teve lugar na cidade de Urum al-Kubra, horas de depois do exército sírio ter declarado que as forças russas e norte-americanas tinham quebrado o cessar-fogo.

Washington anunciou que vai "reavaliar as perspetivas futuras de cooperação com a Rússia", país aliado do Governo da Síria.

  • Pelo menos 12 mortos em ataque a coluna humanitária da ONU
    2:19

    Mundo

    Uma coluna de ajuda humanitária foi atingida por ataques aéreos a poucos quilómetros de Aleppo, na Síria. Pelo menos 12 voluntários morreram, naquele que foi o primeiro grande ataque depois do fim do cessar fogo negociado entre Rússia e Estados Unidos. As Nações Unidas expressaram indignação perante o ataque a avisaram que se tiver sido intencional, representa um crime de guerra.

  • Terminou o cessar-fogo na Síria
    1:43

    Mundo

    A confirmaçao oficial do fim do cessar-fogo veio de Damasco. O Presidente Assad disse também esta segunda-feira que o ataque dos Estados Unidos foi uma "agressão flagrante". O raide que matou soldados sírios em Deir al-Zor gerou uma troca de acusações envolvendo a Rússia.

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.