sicnot

Perfil

Mundo

Presidente iraniano encontra-se com Fidel e Raul Castro

Presidente iraniano encontra-se com Fidel e Raul Castro

O presidente do Irão encontrou-se com os irmãos Castro na primeira visita oficial a Havana, em Cuba. Hassan Rohani deslocou-se a casa do líder da revolução cubana, Fidel Castro, de 90 anos, com quem conversou durante algumas horas.

Durante a sua breve visita, Rohani reuniu-se com o líder da revolução cubana, Fidel Castro, de 90 anos e afastado do poder desde 2006, com quem teve um "fraternal intercâmbio" na sua casa, segundo indicaram os meios de comunicação oficiais da ilha.

"O distinto visitante expressou a sua satisfação por visitar Cuba e deixou clara a sua admiração pela luta, pelas conquistas e pela ajuda desinteressada a outros povos", indica a nota oficial do encontro com Fidel Castro, que foi visto pela última vez em público a 13 de agosto, por ocasião dos seus 90 anos.

O Presidente iraniano deslocou-se depois ao Palácio da Revolução para um encontro formal com Raúl Castro, com quem teve uma reunião privada de quase duas horas, em que os dois falaram sobre "o bom estado das relações" entre os seus países e sublinharam a vontade de "continuar a desenvolver vínculos de colaboração", segundo a nota oficial do encontro.

Rohani chegou na manhã de segunda-feira a Havana, acompanhado de vários ministros, incluindo os titulares das pastas da Saúde, Indústria e Minas, Ciência e Tecnologia e Negócios Estrangeiros.

Os ministros da Saúde dos dois países assinaram um memorando de entendimento para a cooperação nos campos da saúde, investigação, educação, medicamentos e tecnologia médica.

A aproximação entre o Irão e Cuba acontece numa altura em que os dois países beneficiam do levantamento de algumas sanções económicas impostas pelos Estados Unidos.

Depois de Rohani, Cuba receberá a visita do primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, naquela que será a primeira deslocação de um chefe de Governo nipónico ao país comunista.

No final desta semana viaja também para Cuba o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang.

Com Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51