sicnot

Perfil

Mundo

Estados Unidos enviam outro bombardeiro para a Coreia do Sul em aviso ao Norte

Reuters

Os Estados Unidos enviaram hoje outro bombardeiro para a Coreia do Sul, como aviso à Coreia do Norte, aumentando a tensão devido ao novo teste nuclear e contínuos desenvolvimentos de armamento do regime de Kim Jong-un.

O bombardeiro supersónico B-1B Lancer aterrou na base norte-americana de Osan em Pyeongtaek, a 70 quilómetros de Seul, procedente da base de Guam, no Pacífico, informaram as Forças dos Estados Unidos na Coreia do Sul (USFK), em comunicado.

Inicialmente foram dois os bombardeiros que partiram para Guam em direção à Coreia do Sul, mas um teve de regressar, revelou à Efe uma porta-voz das USFK em Seul, sem especificar o motivo.

Os Estados Unidos já enviaram na semana passada para Osan dois B-1B Lancer, que realizaram um voo de teste sobre a Coreia do Sul como sinal de advertência à Coreia do Norte, quatro dias depois do quinto teste nuclear, no dia 09.

A chegada do novo bombardeiro "é apenas um recurso da ampla gama de opções que temos" para responder ao "comportamento agressivo" da Coreia do Norte, indicou o tenente general Thomas W. Bergeson da Força Aérea dos Estados Unidos.

"A península coreana enfrenta uma grave crise de segurança devido à quinta prova nuclear da Coreia do Norte e ao seu contínuo lançamento de mísseis balísticos e SLBM (mísseis lançados a partir de um submarino)", afirmou por seu lado o tenente general Lee Wang-keun, comandante de operações da Força Aérea sul-coreana.

Os Estados Unidos mantêm, desde a Guerra da Coreia (1950-53), uma aliança militar com a Coreia do Sul, em que se comprometem a defender o seu aliado num hipotético conflito com o Norte. O quinto teste nuclear norte-coreano gerou uma forte condenação entre a comunidade internacional e é possível que o Conselho de Segurança da ONU imponha novas sanções ao regime de Kim Jong-un.

  • Lei existe há quatro anos mas não tem regulamentação
    2:03
  • Denúncia de maus tratos a cães no canil municipal de Elvas
    2:24

    País

    O Grupo de Intervenção e Resgate Animal denunciou nas redes sociais alegados maus tratos a animais no canil municipal de Elvas. As imagens mostram uma cadela com uma corda ao pescoço. A autarquia abriu um inquérito para averiguar o caso, suspendendo também o trabalho dos voluntários no canil.

  • Há cada vez menos portugueses

    País

    A população em Portugal diminuiu no ano passado, pelo oitavo ano consecutivo, já que o número de mortes continua a ser superior ao de nascimentos, revelam dados hoje divulgados pelo INE.

  • Dois em cada três portugueses vivem vidas sedentárias

    País

    Com menos de hora e meia de exercício semanal, mais de dois terços dos portugueses vivem vidas sedentárias. E a maioria desvaloriza a importância da atividade física, segundo um inquérito divulgado esta quinta-feira pela Fundação Portuguesa de Cardiologia.

  • Estados Unidos vão reforçar as sanções à Coreia do Norte
    1:31

    Mundo

    Washington pretende também investir nos esforços diplomáticos para que Pyongyang ponha fim aos programas nucleares e de mísseis. A nova estratégia de Donald Trump foi anunciada quarta-feira à noite. A força aérea norte-americana testou esta quarta-feira um míssil de longo-alcance que percorreu 6800 quilómetros sobre o Pacífico a partir de uma base na Califórnia.

  • Le Pen vai à pesca
    0:35

    Eleições França 2017

    Marine Le Pen, candida à presidência de França fez esta quinta-feira uma "pausa" na campanha eleitoral e aproveitou para ir à pesca. A candidata navegou num barco de pesca no Mediterrâneo.

  • Ovibeja aposta este ano na internacionalização da agricultura
    2:07

    País

    A Ovibeja começou esta quinta-feira e este ano aposta na internacionalização dos produtos agrícolas do Alentejo. Centenas de expositores esgotam o certame, que é uma monstra da agricultura portuguesa. António Costa, na sexta-feira, e Marcelo Rebelo de Sousa, no sábado, são alguns dos políticos com a presença marcada em Beja.