sicnot

Perfil

Mundo

Fundador do Facebook vai doar 2,6 mil milhões de euros para cura de doenças

O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, e a sua mulher prometeram esta quarta-feira doar três mil milhões de dólares durante a próxima década para a prevenção e cura de doenças e garantir um futuro mais seguro para a filha.

"Esta é uma meta ambiciosa", afirmou Mark Zuckerberg, em São Francisco, ao anunciar o donativo (de cerca de 2,6 mil milhões de euros), salientando que passou os últimos anos a discutir com especialistas que acreditam que é possível.

Mark Zuckerberg disse acreditar que, dada a esperança média de vida, o donativo vai permitir que no final do século tenham sido encontrados tratamentos contra quaisquer doenças.

A sua mulher, Priscilla Chan, médica, disse que não significa que as crianças não vão estar doentes, mas que as doenças serão menos frequentes.

Aquele investimento será o primeiro de um esforço que o casal espera que seja "coletivo" e que pretende apoiar a criação de um centro biológico em São Francisco, onde investigadores e cientistas possam desenvolver ferramentas para melhor estudarem e compreenderem as doenças.

Lusa

  • Mark Zuckerberg, o Instagram e a fita-cola

    Mundo

    O homem que fundou a maior rede social do mundo, que concentra todos os dias informação pessoal de mais de um bilião de pessoas, parece estar preocupado com a sua privacidade. Mark Zuckerberg publicou uma fotografia por celebração dos 500 milhões de utilizadores mensais do Instagram. Numa observação mais cuidada, pode ver-se a câmara do seu Macbook, bem como a entrada audio, tapados com fita-cola.

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Morreu Miguel Beleza

    País

    Miguel Beleza, economista e antigo ministro das Finanças, morreu esta quinta-feira de paragem cardio-respiratória aos 67 anos.

  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.