sicnot

Perfil

Mundo

Maioria dos turcos considera impossível adesão à União Europeia

© Reuters

A maioria da população turca (64%) considera impossível a adesão à União Europeia como membro de pleno direito, contra 22% que acredita nessa possibilidade, de acordo com uma sondagem publicada esta quarta-feira pela imprensa turca.

A sondagem realizada pela Fundação Turquia-Europa de Investigação Científica e Educação revela o ceticismo crescente da população turca em relação à UE.

A principal justificação para a descrença na possibilidade de adesão (59% dos entrevistados) é atribuída à "islamofobia" no Velho Continente, enquanto menos de um terço da amostra (28%) se volta para dentro e atribui à falta de padrões democráticos no país a principal razão para acreditar que a Turquia não virá a ser um Estado-membro.

A maioria dos turcos (56%) considera que a oposição de França é o principal obstáculo à adesão do país à UE e 23% pensa que uma participação na Organização para a Cooperação de Xangai (SCO na sigla em ingês) poderia ser uma boa alternativa à União Europeia. A aposta por uma "política independente" foi a escolha de 22% dos entrevistados.

Menos de um quinto da amostra (18%) estima que Ancara deveria intensificar a "cooperação com os (países) vizinhos" e uma percentagem igual dos entrevistados é favorável a uma aproximação da Turquia aos BRICS (na sigla em inglês para Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul).

Apesar da descrença na possibilidade de adesão à União Europeia, mais de metade da amostra (56%) considera que a Turquia necessita economicamente do clube europeu, contra 44% que pensa o contrário.

Lusa

  • Hoje é notícia 

    País

    O PSD leva a debate parlamentar a reprogramação do atual quadro comunitário, desafiando os partidos a pronunciarem-se sobre a proposta inicial do Governo, que considera "não servir o país". Os parceiros sociais e o Governo reúnem-se na Concertação Social para discutirem o Programa Nacional de Reformas. O Sporting de Braga procura alcançar o Sporting no 3º lugar da I Liga, ao defrontar o Marítimo na abertura da 31.ª jornada.

  • É importante que "as pessoas não tenham medo" de denunciar o tráfico humano
    0:48

    País

    Manuel Albano, relator nacional para o tráfico de pessoas, concorda com a ideia de que é necessário continuar a investir na inspeção e na fiscalização para travar o tráfico de seres humanos, mas rejeita a denúncia do sindicato dos trabalhadores do SEF, que esta quinta-feira alertou para a "falta de controlo".

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
  • Salas de consumo assistido previstas na lei há 17 anos
    3:01

    País

    Dezassete anos depois, Lisboa vai ter as primeiras salas de consumo assistido, vulgarmente conhecidas como salas de chuto. O objetivo é apoiar os mais de 1400 toxicodependentes sinalizados e evitar a propagação de doenças.

  • O que faz um guaxinim às duas da manhã num quartel de bombeiros?

    Mundo

    Os animais são muitas vezes os protagonistas de histórias incríveis ou até insólitas. Desde o cão mais pequeno ao urso mais assustador. Desta vez, o principal interveniente é um guaxinim, que foi levado até um quartel de bombeiros por uma dona muito preocupada. Porquê? O animal estava sob o efeito de drogas.

    SIC

  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC