sicnot

Perfil

Mundo

Pergaminho do Antigo Testamento digitalizado desembrulhado pela primeira vez

Um extremamente frágil e antigo pergaminho hebreu foi digitalizado e desembrulhado pela primeira vez, revelando a mais antiga cópia já encontrada de uma escritura da Bíblia do Antigo Testamento, anunciaram investigadores esta quarta-feira.

Conhecido como o pergaminho Ein Gedi, incluem textos do Livro de Levítico e datas de pelo menos até o III ou IV século, possivelmente mais cedo, segundo o relatório publicado na revista Science Advances.

De acordo com a revista, decifrar o seu conteúdo será uma "descoberta significativa da arqueologia bíblica".

O pergaminho não é o mais antigo já encontrado. O mais antigo pertence aos Manuscritos do Mar Morto, que vão desde o século III Antes de Cristo até ao século II, adianta a revista.

Análises de radiocarbono revelaram que o livro Ein Gedi data do III ou IV século.

Alguns especialistas pensam que poderá ser mais velho, devido ao estilo de escrita e à forma como as letras estão desenhadas.

Os investigadores pensavam que o pergaminho estava perdido, porque foi queimado no século VI e era impossível tocar-lhe sem se dissolver em cinza.

O pergaminho foi encontrado por arqueólogo em 1970 em Ein Gedi, local de uma antiga comunidade judaica, e os seus fragmentos foram preservados pela Autoridade das Antiguidades de Israel durante décadas.

Os investigadores utilizaram avançadas ferramentas de digitalização para "virtualmente desembrulhar" o pergaminho e ver o seu conteúdo.

O pergaminho é o mais antigo livro do Pentateuco -- relacionado com os primeiros cinco livros das escrituras judaicas ou cristãs -- já encontrados.

Lusa

  • Prisão preventiva para marroquino suspeito de apoiar o Daesh

    País

    O juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal impôs esta quinta-feira prisão preventiva ao cidadão marroquino, detido na Alemanha e entregue a Portugal, suspeito de adesão e apoio ao grupo extremista Daesh e recrutamento e financiamento ao terrorismo.

  • O momento em que Trump quis ser um camionista

    Mundo

    O Presidente norte-americano Donald Trump reuniu-se esta quinta-feira com representantes da indústria de camionagem. Não é apenas do encontro que lhe falamos, mas principalmente da invulgar receção feita por Trump, que entrou para um camião, fingiu que o conduzia e buzinou... em pleno jardim da Casa Branca.

  • FBI investiga possível campanha de espiões russos contra Hillary
    0:57

    Mundo

    A suspeita de ligação entre a equipa de Donald Trump e operacionais russos está a aumentar. A CNN diz que a equipa do Presidente do Estados Unidos da América se coordenou com os russos para atingir Hillary Clinton. O FBI está a investigar registos telefónicos, de viagens, relatórios e transações para offshores.

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27

    Mundo

    Estella Westrick tem apenas três anos, mas já conseguiu chegar aos jornais de todo o mundo, depois de "roubar" o chapéu do Papa. Durante uma visita da família na quarta-feira ao Vaticano, a criança - que não parece estar muito contente no vídeo - foi pegada ao colo por um dos funcionários do Vaticano, que a levou depois até ao Papa para receber dois beijos. Nesta altura, Estella aproveitou para tirar o solidéu episcopal, arrancando gargalhadas de toda a gente, especialmente do Papa Francisco.