sicnot

Perfil

Mundo

Aborígenes australianos são a mais antiga civilização da Terra

Aborígenas australianos

© Will Burgess / Reuters

O primeiro grande estudo genético aos indígenas australianos concluiu que este grupo constitui a civilização mais antiga da Terra, com mais de 50 mil anos.

O estudo - publicado hoje na revista Nature ao lado de outros dois sobre o mesmo assunto - revela informação importante sobre as origens da espécie humana e a sua história migratória, incluindo dados sobre o antepassado comum a todos os seres humanos não africanos que hoje habitam o planeta.

De acordo com os resultados da análise ao ADN em dois dos estudos, a maioria dos euro-asiáticos descende de uma única migração de África, há cerca de 72 mil anos.

Desta migração houve uma separação - um grupo aventurou-se por mar há cerca de 58 mil anos e chegou ao continente australiano há 50 mil anos. Deu origem aos aborígenes australianos e aos papuas - antepassados dos indígenas da Papua-Nova Guiné. Ainda antes dos continentes se separarem, as populações papua e aborígene divergiram entre si há cerca de 37.000 anos.

Papuas da Nova Guiné

Papuas da Nova Guiné

CHARLES DHARAPAK / AP

Desde então que os aborígenes australianos permaneceram quase isolados, até há cerca de 4 mil anos. De qualquer forma, nos milhares de anos que demoraram a chegar à Austrália, estiveram em contacto com vários outras espécies de hominídeos. Daqui resulta que cerca de 4% do seu genoma permaneça um mistério.

Para chegar a estas conclusões, uma equipa internacional de cientistas na Universidade de Copenhaga sequenciou os genomas de 25 papuas e de 83 aborígenes do grupo que fala Pama-Nyungan que corresponde a 90% dos que habitam a Austrália.

Um segundo estudo, de uma equipa da Universidade de Harvard, sequenciou os genomas de 300 pessoas de 142 diferentes populações para identificar alterações genéticas que explicassem características dos seres humanos modernos, como pintar as cavernas ou fabricar e utilizar instrumentos sofisticados. Mas não as encontraram.

Há ainda muitos espaços em branco por preencher no que se refere à origem e à evolução do ser humano atual, bem como sobre a migração de África.

Um terceiro estudo vem apoiar a teoria que houve duas migrações vindas de África. Cientistas da Estónia encontraram provas de uma massiva migração de homens modernos há 75 mil anos e de uma outra anterior há 120 mil anos - que acreditam ter sido responsável por 2% do atual genoma dos papuas.

A chave para desvendar melhor a história do ser humano moderno será analisar lado a lado provas genéticas e arqueológicas.

  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.