sicnot

Perfil

Mundo

ONU procura estrada alternativa para levar ajuda a Alepo

© Abdalrhman Ismail / Reuters

A ONU anunciou esta sexta-feira estar a procurar uma via alternativa para levar ajuda humanitária aos bairros rebeldes de Alepo, cercados e bombardeados, quando continuam bloqueados 40 camiões de ajuda na fronteira entre a Turquia e a Síria.

"Estamos a tentar ver, de todas as maneiras possíveis, como podemos chegar ao setor leste de Alepo", disse à imprensa em Genebra o porta-voz da agência de coordenação dos assuntos humanitários da ONU (OCHA), Jens Laerke.

Este responsável considerou "trágica" a situação dos cerca de 250.000 habitantes daquela parte de Alepo, segunda maior cidade da Síria e antiga capital económica do país.

Até agora, a ONU previa levar a ajuda através da estrada Castello, a norte da cidade, mas a desmilitarização daquela via estratégica -- prevista no acordo de cessar-fogo de 9 de setembro -- continua por concluir.

Por outro lado, na quinta-feira à noite o exército sírio lançou uma grande ofensiva para recuperar a parte rebelde de Alepo, nas mãos dos rebeldes desde 2012.

Segundo o porta-voz, a ONU está a avaliar a possibilidade de chegar àqueles bairros por uma estrada mais longa, que parte de Damasco.

Laerke clarificou por outro lado que a informação avançada na quinta-feira de que os alimentos transportados pelos camiões bloqueados na fronteira começariam a deteriorar-se a partir de segunda-feira não é correta. Os alimentos, disse hoje, têm validade de "vários meses".

A entrega de ajuda, suspensa depois do ataque de segunda-feira a uma coluna de camiões, foi retomada na quinta-feira e, segundo o porta-voz, já permitiu distribuir ajuda a cerca de 35.000 pessoas na cidade cercada de Muadamyat al-Sham, perto de Damasco.

Lusa

  • Cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se em Lisboa
    3:55

    Economia

    Perto de cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se esta sexta-feira, em Lisboa. Os números são avançados pelos sindicatos. Os trabalhadores contestam a transferência de funcionários para empresas parceiras da Altice e outras empresas do grupo, sem as mesmas garantias e direitos. A Altice garante que as transferências são legais mas alguns funcionários já levaram o caso a tribunal.

  • Uma viagem aérea pela Lagoa Negra
    1:02
  • Videovigilância regista impacto de sismo na Grécia

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6.7 atingiu na quinta-feira o mar Egeu e causou pelo menos dois mortos e mais de 200 feridos. O momento e o impacto causado pelo abalo foram registados através de uma câmara de videovigilância de um café, na ilha grega de Kos, um dos locais mais afetados.

  • A sátira a Sean Spicer no Saturday Night Live
    1:36

    Mundo

    O estilo de Sean Spicer foi controverso desde o início. A relação conflituosa do ex-assessor da Casa Branca com os jornalistas foi muitas vezes satirizada na comunicação social. Um exemplo é um momento do Saturday Night Live, protagonizado pela atriz Meliissa McCarthy.

  • Músico indiano toca guitarra durante cirurgia ao cérebro

    Mundo

    Abhishek Prasad foi submetido a uma cirurgia ao cérebro esta quinta-feira, num hospital na cidade indiana de Bangalore, após anos e anos a sofrer de dolorosos espasmos nas mãos. O insólito do caso foi que o músico indiano teve de tocar guitarra para ajudar os médicos durante a intervenção cirúrgica.