sicnot

Perfil

Mundo

ONU procura estrada alternativa para levar ajuda a Alepo

© Abdalrhman Ismail / Reuters

A ONU anunciou esta sexta-feira estar a procurar uma via alternativa para levar ajuda humanitária aos bairros rebeldes de Alepo, cercados e bombardeados, quando continuam bloqueados 40 camiões de ajuda na fronteira entre a Turquia e a Síria.

"Estamos a tentar ver, de todas as maneiras possíveis, como podemos chegar ao setor leste de Alepo", disse à imprensa em Genebra o porta-voz da agência de coordenação dos assuntos humanitários da ONU (OCHA), Jens Laerke.

Este responsável considerou "trágica" a situação dos cerca de 250.000 habitantes daquela parte de Alepo, segunda maior cidade da Síria e antiga capital económica do país.

Até agora, a ONU previa levar a ajuda através da estrada Castello, a norte da cidade, mas a desmilitarização daquela via estratégica -- prevista no acordo de cessar-fogo de 9 de setembro -- continua por concluir.

Por outro lado, na quinta-feira à noite o exército sírio lançou uma grande ofensiva para recuperar a parte rebelde de Alepo, nas mãos dos rebeldes desde 2012.

Segundo o porta-voz, a ONU está a avaliar a possibilidade de chegar àqueles bairros por uma estrada mais longa, que parte de Damasco.

Laerke clarificou por outro lado que a informação avançada na quinta-feira de que os alimentos transportados pelos camiões bloqueados na fronteira começariam a deteriorar-se a partir de segunda-feira não é correta. Os alimentos, disse hoje, têm validade de "vários meses".

A entrega de ajuda, suspensa depois do ataque de segunda-feira a uma coluna de camiões, foi retomada na quinta-feira e, segundo o porta-voz, já permitiu distribuir ajuda a cerca de 35.000 pessoas na cidade cercada de Muadamyat al-Sham, perto de Damasco.

Lusa

  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.