sicnot

Perfil

Mundo

Presidente do Panamá diz que evasão fiscal é um problema mundial

© Eduardo Munoz / Reuters

O aparecimento de uma nova lista de sociedades offshore nas ilhas Bahamas mostra que a evasão fiscal é um problema em todo o mundo e não apenas do Panamá, disse esta sexta-feira o Presidente deste país, Juan Carlos Varela.

"Os Documentos do Panamá foram principalmente um tema mediático e expuseram um problema global. Colocou-se-lhe o nome do Panamá, porque foi uma empresa panamiana que sofreu a subtração de informação, mas o tema da evasão fiscal é um problema global", afirmou Varela a jornalistas.

O Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ, na sigla em inglês) divulgou informação, na quarta-feira, oriunda de uma nova fuga, com mais de 175 mil empresas 'offshore' nas Bahamas.

A divulgação desta informação ocorre cinco meses depois de se conhecerem os Documentos do Panamá, que revelaram a contratação dos serviços do escritório de advogados panamiano Mossack Fonseca, por centenas de personalidades de todo o mundo, para a abertura de sociedades offshore em vários paraísos fiscais.

Lusa

  • " A melhoria das contas públicas não foi feita à custa dos portugueses"
    1:30

    País

    Numa espécie de balaço deste ano e meio de governação, o primeiro-ministro voltou a assinalar voltou a assinalar a redução do défice e as melhorias nas contas públicas. Num jantar com militantes em Coimbra, António Costa garantiu ainda que a "verdadeira reforça do Estado avança até ao final desta legislatura, que é a Descentralização.

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • Norte também quer naturismo e praias de nudistas

    País

    O presidente da Turismo do Porto e Norte de Portugal defendeu hoje a criação de praias naturistas legalizadas na região, fazendo a apologia da formação de associações e negando que este seja um destino conservador.