sicnot

Perfil

Mundo

Português raptado em Luanda libertado pela polícia

Uma operação policial das autoridades angolanas permitiu libertar dois cidadãos raptados em Luanda, um dos quais de nacionalidade portuguesa, informou esta segunda-feira à Lusa o Ministério do Interior angolano.

Sem adiantar mais informações sobre as vítimas - o segundo raptado foi referido como tendo dupla nacionalidade, cabo-verdiana e indiana - o Ministério refere numa nota enviada à Lusa que ambos tinham sido raptados "recentemente" na província de Luanda.

A operação que resultou na libertação dos raptados foi levada a cabo por agentes do Serviço de Investigação Criminal e da Polícia Nacional angolana e culminou com a detenção de três sequestradores.

"Os sequestradores envolvidos na referida ação são estrangeiros", refere a nota, acrescentando que a operação levou ainda à apreensão pela polícia de viaturas, armas de fogo e "outros objetos contundentes".

"Após a libertação dos cidadãos, o Ministro do Interior deu conforto e tendo na ocasião sublinhado o empenho do Estado angolano em tudo fazer para garantir aos cidadãos que residem ou visitem Angola a necessária segurança", refere a nota, que remete mais informações sobre este caso, pelos "órgãos competentes", para os próximos dias.

Lusa

  • "Foi o momento mais difícil da minha vida", disse a ministra emocionada
    3:24
  • A fábrica de caças na base aérea de Monte Real
    3:35

    País

    A Força Aérea portuguesa é a única força militar, para além da norte-americana, que pode mexer em praticamente todo o motor de um caça F-16. Na base aérea de Monte Real há uma fábrica de caças que pode levar o país a comprar mais aviões às peças, para revender a outras forças militares.

  • Comprar ou arrendar casa?
    8:25
  • Fui contactado por um espectador do “Contas-Poupança” (quartas-feiras, Jornal da Noite, SIC) e leitor do blogue www.contaspoupanca.pt, que foi surpreendido com uma carta do banco a aumentar o spread porque um dos serviços que tinha subscrito tinha sido extinguido. Neste caso específico, a domiciliação de ordenado. Ora, o cliente ficou estupefacto porque não mudou de empresa, não foi despedido nem tinha havido nenhuma alteração no recebimento do ordenado naquela conta.

    Pedro Andersson

  • NotPetya: Lourenço Medeiros explica o novo ciberataque global
    2:44

    Mundo

    A Ucrânia está a ser seriamente afetada por um novo ataque informático. Algumas empresas de grande dimensão estão a ser prejudicadas, agravando a dimensão global do ataque, o qual não parece ser dirigido a ninguém em concreto. Ontem, nas primeiras horas do ataque, não parava de crescer o número de vítimas.

  • Temer acusado de prejudicar Polícia Federal
    2:36
  • Trump interrompe telefonema para elogiar jornalista

    Mundo

    A jornalista irlandesa Caitriona Perry viu-se esta terça-feira envolvida num momento que a própria classificou de "bizarro": um encontro inesperado com Donald Trump, que interrompeu um telefonema com o primeiro-ministro irlandês para... a elogiar.

    SIC

  • Caricaturas de Trump invadem capital do Irão

    Mundo

    O Irão está a organizar um concurso internacional de caricaturas do Presidente norte-americano Donald Trump. Pelas ruas de Teerão já vão surgindo algumas imagens alusivas ao festival que vai realizar-se no próximo mês de julho.