sicnot

Perfil

Mundo

Centenas de presos amotinam-se e fogem de penitenciária no Brasil

Cerca de 200 reclusos de uma prisão na cidade brasileira de Jardinópolis, interior do Estado de São Paulo, amotinaram-se esta quinta-feira e fugiram da cadeia, anunciou a polícia local.

A polícia brasileira informou entretanto que pelo menos uma centena dos fugitivos já tinha sido capturada.

A fuga em massa aconteceu depois de os reclusos terem ateado fogo a colchões e de terem assumido o controlo de parte da penitenciária.

A Secretária da Administração Penitenciária do Estado de São Paulo (SAP) informou num comunicado que "durante uma busca de rotina, os presos iniciaram um tumulto. Não houve reféns. A situação já está sob controlo".

A SAP refere no mesmo comunicado que os fugitivos capturados foram enviados para uma outra prisão na cidade de Ribeirão Preto, perto Jardinópolis.

Com capacidade para 1.080 presos, a Penitenciária de Jardinópolis albergava 1.864 detentos no momento do motim.

A sobrelotação nas prisões brasileiras é uma das causas recorrentes de rebeliões no maior país da América do Sul.

Lusa

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.