sicnot

Perfil

Mundo

Georgieva defende candidatura 2ª feira em Assembleia Geral da ONU

© Reuters

A vice-presidente da Comissão Europeia Kristalina Georgieva vai defender a sua candidatura à liderança da ONU perante a Assembleia Geral das Nações Unidas na próxima segunda-feira, indicaram hoje fontes da organização à agência Efe.

Kristalina Georgieva, que se juntou na quarta-feira à corrida pela liderança das Nações Unidas, submeter-se-á, como sucedeu com os restantes aspirantes, às perguntas da Assembleia Geral durante aproximadamente duas horas, acrescentam as mesmas fontes citadas pela EFE.

A Bulgária anunciou na quarta-feira a mudança da sua candidata ao cargo de secretário-geral da ONU, substituindo Irina Bokova por Kristalina Georgieva, candidata apoiada pela chanceler alemã, Angela Merkel, considerada a mais difícil adversária do ex-primeiro-ministro português António Guterres.

Os 15 membros do Conselho de Segurança realizaram já cinco rondas de votação informais e secretas para tentar avançar na seleção do próximo líder das Nações Unidas, em que António Guterres se destacou como favorito, atendendo a que as venceu todas.

Dos 12 candidatos iniciais, três já renunciaram, pelo que com a entrada de Kristalina Georgieva são dez os aspirantes ao cargo.

A próxima votação do Conselho de Segurança é na próxima quarta-feira, dia 05, mas agora ficará a conhecer-se a posição dos membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU -- Estados Unidos, Rússia, China, França e Reino Unido --, com poder de veto.

António Guterres não quis comentar na quarta-feira a entrada de Kristalina Georgieva na corrida à liderança das Nações Unidas, quando abordado pelos jornalistas, em Lisboa.

Em reação à nova candidatura nesta fase do processo, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, disse ver "com serenidade" a entrada na corrida de Kristalina Georgieva, salientando a altura e a forma como a candidatura de Guterres foi apresentada.

O Presidente da República comparou, por seu turno, a candidatura de Kristalina Georgieva às Nações Unidas a um concorrente que entra nos últimos 100 metros para tentar ganhar a maratona, sublinhando que António Guterres é um "maratonista natural".

"Por princípio, Portugal respeita e saúda todas as candidaturas. No entanto, eu senti um pouco aquela sensação, tive aquela sensação de estar a ser corrida uma maratona e de repente aparecer um concorrente que entra nos últimos 100 metros para tentar ganhar a maratona", disse Marcelo Rebelo de Sousa, em declarações aos jornalistas, também na quarta-feira, em Lisboa.

Lusa

  • Novo Banco vai reestruturar dívida de Luís Filipe Vieira
    1:22

    Desporto

    O Novo Banco vai reestruturar parte da dívida da empresa de Luís Filipe Vieira, que ronda os 400 milhões de euros. Parte dos ativos da empresa foram transferidos para um fundo para serem rentabilizados no prazo de cinco anos. Esse fundo está a ser gerido pelo vice-presidente do Benfica.

  • Dono de fábrica que ardeu na Anadia diz que produção não vai ser afetada
    2:04
  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Tragédia em Vila Nova da Rainha aconteceu há uma semana
    7:18
  • Doze meses de polémicas, ameaças e promessas
    3:52