sicnot

Perfil

Mundo

Governo desconhece vítimas portuguesas em acidente de comboio em Nova Jérsia

Twitter User @Cephster via AP

O Governo português desconhece, até ao momento, se há portugueses envolvidos no acidente de comboio que ocorreu hoje em Nova Jérsia, nos Estados Unidos, mas mantém-se "a acompanhar a situação, através dos serviços consulares".

A informação foi hoje adiantada aos jornalistas pelo secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro.

"De acordo com as nossas responsabilidades, acompanhamos, com os nossos serviços consulares, a dimensão do acidente e para verificar se há ou não portugueses", disse o governante, que lamentou os acontecimentos.

José Luís Carneiro adiantou que as autoridades portuguesas darão "informação pública" à medida que existam novos dados sobre o sucedido.

Um acidente de comboio em Hoboken, nos arredores de Nova Iorque, provocou hoje, segundo a imprensa local, mais de 100 feridos.

As primeiras imagens divulgadas mostram uma parte do comboio sobre a plataforma na estação de Hoboken, em Nova Jérsia. De acordo com as cadeias de televisão ABC e CNN, há mais de 100 feridos.

Lusa

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15