sicnot

Perfil

Mundo

Agentes armados nos metros e comboios de França a partir de sábado

© Pascal Rossignol / Reuters

Agentes armados, à paisana, passam a poder circular nos comboios e metropolitanos de França a partir de sábado, uma medida que se insere no reforço da segurança face à ameaça de atentados.

A autorização oficial foi publicada hoje, mas a medida faz parte de um pacote legislativo sobre segurança nos transportes aprovado pela Assembleia Nacional em março.

O texto prevê "a extensão da dispensa do uso de farda" e a "possibilidade de porte de arma com dispensa do uso de farda" para os agentes dos serviços de segurança dos caminhos-de-ferro franceses, SNCF, e dos transportes de Paris, RATP.

Os agentes em causa têm de ter tido formação específica e fazer parte dos serviços de segurança da SNCF ou RATP há pelo menos cinco anos.

Em agosto de 2015, passageiros de um comboio de alta velocidade Thalys, que fazia a ligação Amesterdão-Paris, conseguiram manietar um homem armado que pretendia perpetrar um ataque.

Três meses depois, França sofreu os piores ataques terroristas, com ataques coordenados em Paris que fizeram 238 mortos.

Já este ano, em março, a Bélgica foi palco de ataques terroristas perpetrados no sistema de transportes da capital, com 32 mortos e 340 feridos em atentados perpetrados no aeroporto e no metropolitano.

Lusa

  • Taxa de desemprego abaixo dos 10%

    Economia

    A taxa de desemprego em fevereiro ficou afinal nos 9,9%. O Instituto Nacional de Estatística reviu o indicador em baixa de 0,1 pontos percentuais, esta sexta-feira. É o valor mais baixo desde fevereiro de 2009.

  • Incêndio dominado em Gondomar
    4:25

    País

    Está dominado o incêndio que esta manhã obrigou à evacuação da Escola Secundária de São Pedro da Cova, no concelho de Gondomar. A repórter Susana Bastos esteve no local.

  • "Tanolas" tem cadastro criminal e já foi condenado a pena suspensa
    0:55
  • Montenegro nunca será candidato contra Passos
    0:50
    Quadratura do Círculo

    Quadratura do Círculo

    QUINTA-FEIRA 23:00

    Luís Montenegro garante que nunca será candidato à presidência do PSD contra o Passos Coelho. Convidado da Quadratura do Círculo, na SIC Notícias, o líder da bancada dos sociais-democratas acha mesmo que é um exagero dizer-se que Pedro Passos Coelho está politicamente morto.