sicnot

Perfil

Mundo

"Casados de fresco" e apanhados acidentalmente por um drone

A imagem foi capturada acidentalmente. O realizador Brandon Li encontrava-se a testar um novo drone e, por acaso, filmou um casal de noivos "recém-casados de fresco" no topo de um prédio em Hong Kong.

Brandon Li

A ideia original do realizador era filmar o pôr-do-sol, mas quando estava quase a ficar sem bateria, resolveu voltar a câmara para baixo e o inesperado aconteceu. No topo de um prédio, um casal "casado de fresco" estava deitado no chão a olhar para o céu.

Brandon Li só se apercebeu do sucedido quando visionou as filmagens. Depois, publicou a foto nas redes sociais numa tentativa de encontrar os protagonistas.

Rapidamente surgiram boatos de que a situação tinha sido encenada, mas o cineasta já veio desmentir. "Muitas pessoas pensam que encenei a foto... eu sou cineasta e não um fotógrafo de casamento... o que aconteceu foi apenas sorte."

Acredita-se que o terraço em questão pertença ao hotel Hotel J Redicence.

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Ronaldo não está preocupado com repercussões de eventual fuga fiscal
    1:30

    Football Leaks

    Cristiano Ronaldo diz que quem não deve não teme. O avançado português não se mostra preocupado com as notícias que revelam que o jogador não terá declarado os rendimentos da publicidade ao fisco espanhol. Fontes do Ministério das Finanças do país vizinho confirmaram ao jornal El Mundo que o português está a ser investigado há ano e meio.

  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalam-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.

  • Hospital de campanha no IPO de Lisboa
    1:53

    País

    O bloco operatório de ambulatório do IPO de Lisboa vai passar a funcionar num hospital de campanha do Exército. Esta foi a solução encontrada para evitar que o serviço fique parado enquanto decorrem obras no instituto.